7 de fev. de 2020

Partido Novo quer limitar férias de juízes a promotores de Justiça a trinta dias como dos demais servidores públicos

A PEC emergencial da Reforma Administrativa, entre outras medidas, vai uniformizar férias de 30 dias para todos os servidores públicos brasileiros, porém, algumas categorias como procuradores e juízes não estão incluídas.

A bancada do Novo na Câmara Federal prometeu à equipe econômica que irá apresentar então uma emenda com o objetivo de por fim à possibilidade de férias de mais de 30 dias por ano também para esses integrantes do Poder Judiciário.

“Se não vier na proposta do Executivo, vamos apresentar. Não tem por que deixar o Judiciário de fora”, afirmou o deputado Tiago Mitraud (MG).

Nenhum comentário: