12 de mar. de 2020

Academia Maranhense de Letras empossa nesta quinta nova diretoria que tem Carlos Gaspar como presidente

GIRO ECONÔMICO

Será realizada nesta quinta-feira, a partir das 19h, a solenidade de posse da nova diretoria da Academia Maranhense de Letras, que tem como presidente o escritor e empresário Carlos Gaspar, eleito em novembro de 2019. Destacado como um dos maiores empreendedores do estado, ele fundou diversas empresas nos segmentos de automóveis, imóveis, comércio varejista etc,

Ele também presidiu diversas instituições ligadas ao setor produtivo, dentre elas Junta Comercial (Jucema), Câmara dos Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL), Associação Comercial do Maranhão (ACM), Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Maranhão (Sebrae) e Federação das Associações Empresariais do Maranhão (Faem). No campo intelectual, além da AML, também conhecida como Casa de Antônio Lobo, ele integra o Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão.

Leia mais:
Carlos Gaspar assume presidência da Academia Maranhense de Letras nesta quinta-feira


Também serão empossados os acadêmicos Lourival Serejo (vice-presidente), Sebastião Moreira Duarte (secretário -geral), José Ewerton Neto (1º secretário), Laura Amélia Damous (2ª secretária), Joaquim Haickel (1º tesoureiro) e José Neres (2º tesoureiro). 

Ameaça ao turismo - Aguarda-se muito bom senso do Judiciário para que a conta por reclamações de viagens não realizadas motivadas pelo coronavírus não cai sobre agentes de viagens locais. Algumas operadoras de cruzeiros e companhias aéreas, por exemplo, se recusam a cancelar ou adiar viagens, até para destinos perigosos, e os descontentes ameaçam ir à Justiça contra quem vendeu. Muitos agentes temem pagar alto por essa crise no turismo mundial e alguns podem até não ter lastro financeiro para suportar indenizações. 

Políticos e empresários -  Em recente à Câmara dos Deputados, o presidente da Federação das Indústrias, Edilson Baldez, se reuniu com o coordenador da bancada maranhense, Juscelino Filho, e os deputados Gastão Vieira, André Fufuca e Eduardo Braide com os quais debateu a criação de um grupo de trabalho na Fiema para formular estratégias e discutir dinâmicas que possam contribuir com o desenvolvimento maranhense. Ficou definida ainda a realização de encontros mensais para que sejam debatidos temas sobre economia maranhense. 

Dia 27 será inaugurada a unidade do Senac de Pinheiro. Da esquerda
para, ali nhando detalhes da solenidade, o secretário de Tributos de
Pinheiro, Henrique Costa; o diretor regional do Senac, Ahirton
Lopes; o prefeito Luciano Genésio e os diretores da Fecomércio,
Luís Joaquim Sobrinho e William Ribeiro
Alerta sobre tragédia - Não foi por falta de aviso: no domingo (08), por volta do meio-dia, o Climatempo emitiu um comunicado alertando que iria chover com muita intensidade no Maranhão no dia seguinte e que as consequências poderiam ser desastrosas, mas ninguém ligou. 

Leia mais:
Em São Luís já choveu em dez dias mais de 70% do que era esperado para o mês de março


Nova rodovia  - A Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado (CI) aprovou nesta terça-feira (10) um projeto que autoriza a construção de um novo trecho rodoviário no Maranhão. Com 140 quilômetros de extensão, a rodovia vai fazer a ligação da BR-122 com a 402 e será incluída no Plano Nacional de Viação. Segundo o relator do PL 2124 de 2019, senador Weverton (PDT-MA), a obra deve estimular a economia e o turismo do Maranhão e de estados vizinhos.

Capacitação - Cerca de 5,4 mil vagas em cursos de formação profissional serão disponibilizadas para mulheres em situação de vulnerabilidade social em quatro estados brasileiros de três regiões do país: Amapá e Rondônia (Norte), Maranhão (Nordeste) e Minas Gerais (Sudeste). A capacitação será ofertada através dos Institutos Federais vinculados ao Ministério da Educação (MEC). No Maranhão, o IFMA tem 2.490 vagas para cursos de auxiliar administrativo, operadora de pescado, balconista de farmácia e outras opções.

Nenhum comentário: