3 de mar. de 2020

Governo do Estado despreza o excesso de vermelho e passa a adotar cores do Movimento 65 em eventos oficiais

Sempre que alguém levantava suspeição sobre o uso em excesso de vermelho nos eventos do governo, em rampa do Porto de Ribamar e praças construídas pelo Estado, fachadas de repartições públicas, golas e mangas de fardamento escolar e em diversos outros lugares onde o Governo pode alcançar, a desculpa era que esta é uma das cores da bandeira estadual, ou seja, pura coincidência por ser a coloração também do Partido Comunista do Brasil (PCdoB).

Desde de dezembro, no entanto, o governador Flávio Dino (PCdoB) vem pregando o esquecimento do rubro que lembra o comunismo e dos seus símbolos, a foice e o martelo, para que o verde e o amarelo passem a ser as cores predominantes nos eventos dos "comunistas" do amanhã.

Leia mais:


Resultado de imagem para movimento 65Despertou curiosidade, portanto, o uso neste fim de semana de uma gigantesca faixa de agradecimento ao governador Flávio Dino (PCdoB) na inauguração do estádio municipal de Alto Alegre do Pindaré. Bem produzida, a gigantesca peça lembra as peças do Movimento 65, pelo qual o PCdoB pretende ser identificado a partir da eleição deste ano, principalmente pelo uso do verde, vermelho e amarelo. Pode ter sido pura coincidência, já que essas cores também estão na marca do governo.

Nenhum comentário: