26 de mar. de 2020

Petrobras diz que espera chegada às bombas das reduções por ela anunciadas para gasolina e óleo diesel

GIRO ECONÔMICO

A Petrobras informou que, com uma nova redução de 15% a partir desta quarta-feira (25), o preço médio da gasolina nas refinarias passa a ser R$ 1,14 por litro. Este é o menor preço cobrado pela companhia desde 31 de outubro de 2011. “A Petrobras espera que este movimento nos preços se reflita, no curto prazo, na redução do preço final cobrado ao consumidor”, diz nota divulgada pela empresa. No acumulado do ano, a redução do preço da gasolina é de cerca de 40%. 

De acordo com pesquisa semanal da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), entre os dias 15 e 21 de março, o preço médio ao consumidor no país para a gasolina era de R$ 4,486 por litro. O repasse de ajustes dos combustíveis nas refinarias para o consumidor final nos postos não é imediato e depende de diversos fatores, como consumo de estoques, impostos, margens de distribuição e revenda e mistura de biocombustíveis.

Postos de combustíveis pelo país já sentem queda importante na demanda, em meio a medidas de isolamento social praticadas por autoridades e sociedade em geral para evitar a proliferação do novo coronavírus. 

Cursos do Senac - Apesar de estar com as atividades suspensas, tanto na parte administrativa quanto educacional, atendendo decreto do governador Flávio Dino (PCdoB) para uma quarentena com vistas a combater o coronavírus, o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) mantém sua agenda de cursos presenciais para o mês de abril, conforme informação disponível no endereço www.ma.senac.br/cursos, porém o órgão decidiu intensificar cursos à distância para que as pessoas possam ocupar esse período com qualificação profissional. 

Atendimento à distância - O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Maranhão (Crea-MA) está reforçando junto aos profissionais, empresas e demais pessoas que necessitam dos seus serviços o hábito de atendimento online por meio do seu site www.creama.ma.org.br. Segundo o presidente em exercício, Nelson Cavalcanti, a quase a totalidade do atendimento prestado pelo órgão já é via site. Com a suspensão do atendimento presencial, está disponível na plataforma digital, inclusive, a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART). 

Na solenidade em que foi distinguido pela Assembleia Legislativa
com a Medalha Manoel Beckman, o neurocirurgia Victor
Mendes sendo aplaudido pelos deputados Wellington
do Curso e Helena Duailibe
Contar com a sorte - Neste período de isolamento social não basta se prevenir contra o coronavírus, mas contar com a sorte, pois com a limitação do funcionamento do comércio, nem pensar em acidentes domésticos que afetem água e luz ou mesmo com o veículo, pois não há onde comprar torneira, cano, disjuntor, tomada, lâmpada e peças automotivas. 

Orientação da Fecomércio - Para orientar empresários do comércio sobre o que fazer diante da pandemia do coronavírus, a Federação do Comércio (Fecomércio) desenvolveu a cartilha “Medidas de redução do impacto econômico da Pandemia do Covid-19 no comércio do Maranhão”, material que traz uma análise de cenários após os decretos estaduais para restringir a atividade comercial e de serviços. Dentre as sugestões, estão trabalho remoto, antecipação de férias ou férias coletivas; compensação de jornada por meio de banco de horas etc. 

Festejo Junino - Os festejos juninos deste ano estão ameaçados em todo o Nordeste e primeiro anúncio do adiamento foi da Prefeitura de Campina Grande (PB), que pretende realizar em outubro o "Maior São João do Mundo". Segundo o prefeito Romero Rodrigues, a prefeitura ouviu empresários do turístico, que envolve hotéis, restaurantes e agências de viagens, que são os mais impactos pela crise. Quanto ao evento, ele garantiu que haverá readequação da programação e da grade de atrações.

Nenhum comentário: