27 de mar. de 2020

Sem passageiros para transportar, centenas de veículos são devolvidos por motoristas de aplicativos em São Luís

Centenas de veículos que deveriam estar circulando pelas estradas que cortam o Maranhão ou por ruas e avenidas das cidades, usados por turistas, executivos de negócios e motoristas de aplicativos foram devolvidos às suas proprietárias, as locadoras, e a quantidade é tão desproporcional que os estacionamentos ficaram lotados e passaram a ser deixados nas vias públicas.

A Avenida dos Libaneses, que liga a BR 135 ao Aeroporto Marechal Hugo da Cunha Machado, é um exemplo, pois está ocupada de uma lado e outro por esses automóveis (veja foto acima).

Seriam mais de 400 carros e a expectativa é que a quantidade aumente mais ainda, caso as atividades empresariais - comércio, turismo, indústrias etc - não sejam retomadas, já que a redução de clientes levou motoristas a suspenderem seus trabalhos, já que não tinham mais como pagar aluguel, manter abastecimento de combustível e tirar renda para seu sustento.

Contrariada com esta situação, a Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (Abla) ingressou com ação no Supremo Tribunal Federal (STF) a fim de tornar sem efeito os decretos de governadores e prefeitos que estão inviabilizando os seus negócios.

Leia mais
Associação questiona no Supremo decretos que proibiram funcionamento de locadoras


Nenhum comentário: