18 de abr. de 2020

Conab monta estratégia para evitar qualquer risco de desabastecimento de alimentos em todo o país

Foto: Arquivo/EBCGIRO ECONÔMICO

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) tem adotado medidas para garantir o abastecimento de hortifrutis no comércio durante a pandemia do novo coronavírus. Além disso, o órgão também monitora mudança de preços no setor e garante que não haverá falta de alimentos nas prateleiras. Entre as hortaliças que sofreram alta nos preços, estão batata, cenoura, cebola e tomate, segundo a Conab. Em relação à alface, houve maior oferta nos mercados, mas uma menor demanda por conta da possibilidade de estragar em menos tempo.

Em relação às frutas, o levantamento da Conab mostra que a laranja é a que mais tem pesado no bolso dos brasileiros. Isso é justificado porque houve aumento da demanda por cítricos em geral, que auxiliam no aumento da imunidade por serem ricas em vitamina C.

As centrais de abastecimento nos estados e no DF têm se preocupado em evitar a propagação do coronavírus. Nesse sentido, as Ceasas promovem o controle do quantitativo de pessoas que acessam os mercados, além de realizar campanhas de orientação direcionadas aos funcionários e usuários.

Conserto de respiradores - Em continuidade no combate à pandemia de covid-19, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) multiplica esforços pelo país. Neste mês, a instituição, em parceria com empresas multinacionais e órgãos do governo federal, já consertou e devolveu ao sistema de saúde 100 respiradores mecânicos que estavam fora de operação. Nos próximos dias, mais 90 desses aparelhos devem estar à disposição do Ministério da Saúde para tratar pacientes com sintomas graves. Outros 409 já foram recolhidos e estão em fase de manutenção.

Queda nas vendas de Páscoa - O Instituto Boa Vista divulgou queda de 33% nas vendas do comércio de Páscoa em todo país. Para o comércio informal, esses números podem ser muito maiores, visto que não há um órgão de aferição. Em São Luís, por exemplo, a professora e culinarista Simone de Novaes Brandão, no mercado há mais de 6 anos, conta que suas vendas não alcançaram nem a metade do que havia produzido. “Tanto eu como minhas alunas sentimos muito o impacto da pandemia durante a Páscoa, que é uma das melhores datas do ano para o segmento”, lamenta Brandão.

Lu Murad, integrante do Grupo Volkuntárias do Maranhão Covid-19, no
momento da entrega de 4 mil máscaras para o Governo do Estado. Também
integram o grupo, Célia Dino e Tatiana Bandeira
Verde e amarelo - Tirada de pauta da sessão desta sexta-feira  (17) do Senado, a Medida Provisória (MP) 905, que introduz a carteira verde e amarelo, é importante para a retomada dos empregos após a crise econômica provocada pelo novo coronavírus, disse o secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Bianco. Segundo ele, a equipe econômica está disposta a negociar com os senadores para que o texto seja votado na segunda-feira (20), quando perde a validade.


Doação da VLI - Compromisso firmado entre VLI e o Governo do Estado irá auxiliar o sistema público de saúde durante a pandemia. Neste mês, a empresa entregou oito ambulâncias num total de 10 veículos. Os dois primeiros veículos foram disponibilizados em fevereiro. Essa iniciativa é uma contrapartida social do Mais Logística – programa de incentivo fiscal promovido pela Secretaria de Estado de Indústria e Comércio. As ambulâncias têm capacidade para serem utilizadas como Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e Unidade Semi-Intensiva.

Crediamigo prorrogado
- O Banco do Nordeste prorrogou, automaticamente, as prestações das operações contratadas no âmbito do Crediamigo com vencimento entre 19 de abril a 18 de maio deste ano para 30 dias após o vencimento da última parcela. Essa é a segunda prorrogação por conta da pandemia. São mais 30 dias disponibilizados aos clientes, considerando que a prorrogação aprovada em 26 de março passado venceria neste sábado, 18. Multa e mora por atraso serão dispensadas, mantendo-se a cobrança dos encargos contratuais.

Nenhum comentário: