7 de abr. de 2020

Apesar da limitação de funcionamento das concessionárias, vendas de motos aumentam no Maranhão

Maranhão lidera vendas de motocicletas por financiamento bancário ...
GIRO ECONÔMICO

Apesar da proibição de abertura das concessionárias, as vendas de motocicletas em São Luís tiveram aumento de 3,27% em março na comparação com fevereiro, segundo dados divulgados pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Foram 442 unidades comercializadas mês passado contra 428 do mês imediatamente anterior, mas o mesmo não se verificou em relação às vendas do estado como um todo, pois houve queda de 0,89%, com 3.355 vendas em março e 3.385 em fevereiro. 

Para Cristino Jardim, diretor comercial do Grupo Alvorada Motos, revendedor Honda, os números retratam a evolução que o setor vinha tendo desde o início do ano, já que as concessionárias ficaram proibidas de funcionar apenas seis dias, porém este mês a queda deve ser brutal, já nos últimos dez dias as vendas estão praticamente zeradas. 

Leia mais
Vendas de automóveis despencam 25,3% em São Luís no mês de março, segundo a Fenabrave

O desempenho no segmento duas rodas não se confirma para automóveis e comerciais, que em São Luís, tiveram queda 25,53%, mas se repetiu para veículos pesados (ônibus e caminhões), cujo aumento na capital foi de 45%. No Maranhão, automóveis e comerciais leves tiveram queda 23,35% e veículos pesado, aumento de 11,22%. 

Confecção de máscaras - O Governo do Estado deve receber nas próximas horas uma sugestão para que contrate pequenas industrias de confecções que tiveram suas atividades paralisadas para fabricarem máscaras de tecidos a fim de serem distribuídas nas comunidades, canteiros de obras etc. O Ministério da Saúde recomenda o uso das máscaras de tecido e cada pessoas precisa de pelo menos três para seu uso diário, já que elas podem ser lavadas após perderem efeito após umedecida pelo suor, chuva etc.

Leia mais:
Pequenas indústrias de roupas poderiam ser demandadas pelo Governo do Estado para confecção de máscaras
Voluntárias do grupo Covid Maranhão distribuem mais de dez mil máscaras contra coronavírus em São Luís

Funcionamento de óticas - Atendendo à solicitação da Federação do Comércio (Fecomércio) e do Sindicato do Comércio Varejista de Óticas do Estado (SindÓptica), o Governo do Estado autorizou, por meio do Decreto N° 35.714, de 03 de abril de 2020, os serviços de fabricação, distribuição e comercialização de produtos óticos no estado durante a pandemia do Covid-19 (Coronavírus) No documento, enviado ao governador, as entidades destacaram o alto número de pessoas que possuem algum tipo de deficiência visual e que necessitam desses serviços. 

Aquiles Emir: Comercialização de veículos novos no Maranhão ...
Celso Gonçalo (D), sócio da Alvorada Motos, comemora o bom desempenho
de vendas dos veículos duas rodas em mrço, apesar da crise criada pelo
isolamento social para controle do coronavírus. No registro com os
presidentes do Banco do Nordeste, Romildon Rolim (E) e da Federação
das Indústrias, Edilson Baldez
Leia mais
Governo atende pedido da Fecomércio e permite funcionamento de oticas em todo o estado durante quarentena


Revenda de carros - As revendas de veículos se viram como podem para manter o setor de vendas em atividade neste período em que estão proibidas de funcionar, porém o movimento não tem surtido muito resultado com apenas pela via eletrônica. Algumas ainda não conseguiram vender um automóvel sequer

Obras do Assaí - Apesar da paralisação das atividades comerciais no Maranhão, as obras das lojas da rede atacadista Assaí em São Luís estão a pleno vapor e a da Avenida Guajajaras, no bairro do São Cristóvão, está praticamente no ponto de ser inaugurada, o que deve ocorrer nos próximos dias. As obras estão mais lentas na Avenida São Luís Rei de França, no bairro do Turu, nas proximidades do Cheiro Verde, estão em ritmo mais lento e o mais provável é que fique pronta somente no segundo semestre. 

Leia mais
Obras do Assaí avançam em São Luís com trabalhos entrando na fase de acabamento

Produção de veículos - A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) informou nesta segunda-feira (06) que a produção nacional de automóveis em março teve queda de 21,1%, em relação a março de 2019. Já o nível de licenciamentos caiu 21,8% no período. De acordo com a entidade, os resultados foram consequência da pandemia da covid-19, que provocou a queda de quase 90% das atividades do segmento. Ao todo, foram fabricadas 189.958 unidades, ante 240.763 unidades de março de 2019.

Nenhum comentário: