24 de abr. de 2020

Motivo de muita polêmica nesta quinta-feira em Brasília, demissão do diretor da Polícia Federal sai no Diário Oficial

Valeixo diz a superintendentes da PF que não tem apego ao cargo ...
Motivo de muitas polêmicas nesta quinta-feira (23), inclusive a especulação de que o ministro da Justiça Sergio Moro havia colocado o cargo à disposição do presidente Jair Bolsonaro, a demissão do diretor geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo (foto), foi confirmada com ato publicado na edição desta sexta-feira (24) do Diário Oficial (|DOU).

No ato, assinado por Bolsonaro e Moro, há a informação de que o desligamento de Valeixo foi a pedido.Atos do Poder Executivo
Eis o decreto na íntegra:

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA
DECRETO DE 23 DE ABRIL DE 2020

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA , no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, caput , inciso XXV, da Constituição, e tendo em vista o disposto no art. 2º-C da Lei nº 9.266, de 15 de março de 1996, resolve:

EXONERAR , a pedido,
MAURÍCIO LEITE VALEIXO do cargo de Diretor-Geral da Polícia Federal do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Brasília, 23 de abril de 2020; 199º da Independência e 132º da República.

JAIR MESSIAS BOLSONARO
Sérgio Moro

Nenhum comentário: