30 de abr. de 2020

No primeiro dia de isolamento da Rua Grande, as imagens são de assustar com gente indo e vindo não se sabe de onde para onde

No primeiro dia de isolamento da Rua Grande, em São Luís, conforme determinação do governador Flávio Dino (PCdoB), as imagens são assustadoras, devido à grande quantidade de pessoas transitando pela mais importante artéria comercial da capital maranhense.

A Polícia Militar botou homens no local, mas não foi fácil conter o tráfego de gente, indo e vindo não se sabe de onde para onde, haja vista a privação de funcionamento de estabelecimentos não essenciais.

Leia mais
Governador Flávio Dino anuncia isolamento total da Rua Grande a partir desta quinta-feira

O grande problema é que na Rua Grande funcionam há também vários estabelecimentos que, pelos decretos anteriores do governador, estão autorizados a funcionar: bancos, lojas de tecidos e até mesmo as Lojas Americanas, que, apesar de ser mais conhecida como loja de departamento, é considerada essencial por ser enquadrada como supermercados, isto por vender alguns itens de alimentos: biscoitos, leite, cereais etc.

(Com imagens da TV Mirante)

2 comentários:

Rubens Marão disse...

Consequência do fechamento dos Shopping Centers

Vaniafrazão disse...

Tem que fechar tudo. Inclusive colocar normas nas lotéricas e caixas econômicas. Ali concentra-se o foco da contaminação