31 de mai. de 2020

Flávio Dino tem até esta segunda-feira para indicar o novo procurador-geral de Justiça do Estado

Vence nesta segunda-feira (1°) o prazo para que o governador Flávio Dino (PCdoB) escolha aquele que da lista tríplice eleita no último dia 15 ou mesmo fora dela ocupará pelos próximos dois anos o cargo de procurador-geral de Justiça do Maranhão.

O resultado da votação apontou o promotor de justiça Márcio Thadeu Silva Marques (foto) em primeiro lugar, com 195 votos, seguido pelo procurador de justiça Eduardo Jorge Hiluy Nicolau, que teve 165 votos, em terceiro aparece o promotor de justiça Tarcísio José Sousa Bonfim, com 129 votos.

Caso o governador se abstenha da escolha, o promotor Márcio Thadeu será, automaticamente, proclamado sucessor de Luiz Gonzaga Coelho.

A crise a ser enfrentada pelas empresas após pandemia de coronavirus é destacada na revista Maranhão Hoje

A revista Maranhão Hoje, edição de maio, tem como principal destaque uma entrevista com a advogada Ana Cristina Bradão, que fala do grande volume de pedidos de recuperação judicial que teve chegar aos tribunais a partir do segundo semestre, como consequência da pandemia de coronavirus

Leia mais


A revista também destaca:

• Advogado Daniel Blume sugere eleição municipal pela internet

• Cloquina vira debate político entre aliados e opositores de Jair Bolsonaro

• Ao comemorar 90 anos, José Sarney diz que o social será seu principal legado como político

• Vale ajuda a fortalecer ações de combate ao coronavirus no Maranhão

• Empresário Ubiratan Castro diz que pandemia de coronavirus vai sacrificar muitas empresas

• Obra infantil de educador maranhense Simão de Miranda traz ampla abordagem sobre cidadania

Lula e cúpula do PT não assinam manifesto apoiado por Flávio Dino, Luciano Huck e Fernando Henrique Cardoso

O manifesto Estamos Juntos, lançado neste sábado, "em defesa da vida, da liberdade e da democracia" não conta com a assinatura do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, tampouco da presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), deputada Gleisi Hoffmann. Até o meio-dia deste sábado (30), já contava com mais de 6 mil assinaturas de personalidades da ciência, da política e das artes, sendo que do Maranhão, dentre outros, assinam o governador Flávio Dino e os deputados federais Bira do Pindaré (PSB) e Márcio Jerry (PT).

Leia mais
Flávio Dino assina documento “Somos Muitos”, que lança movimento suprapartidário nos moldes do Diretas, já

O movimento defende uma frente ampla, a exemplo da formada quando do movimento Diretas Já. “Somos a maioria de brasileiras e brasileiros que apoia a independência dos poderes da República e clamamos que lideranças partidárias, prefeitos, governadores, vereadores, deputados, senadores, procuradores e juízes assumam a responsabilidade de unir a pátria e resgatar nossa identidade como nação”, afirma o manifesto.

Destacam-se entre os que assinam o manifesto Eliane Brum (jornalista); Marcos Palmeira (ator); Paulo Betti (ator); Manuela D’Ávila (jornalista e liderança do PCdoB); o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB); e o apresentador Luciano Huck.

29 de mai. de 2020

Flávio Dino diz não ter tempo para ler críticas de Roberto Rocha nem debates de cloroquinistas e anticloroquinistas

Na entrevista coletiva desta sexta-feira (29) para anunciar novas medidas sobre enfrentamento de coronavírus no Maranhão, confrontado com a pergunta sobre uma crítica ao senador Roberto Rocha (PSDB) por haver várias obras de hospitais não concluídas e outros já concluídos, mas não ocupados, o governador Flávio Dino (PCdoB) disse que, como tem trabalhado muito, não tem encontrado tempo para fazer esse tipo de leitura.

"É muito fácil para quem não tem o que fazer se ocupar com denúncias vazias", disse ele negando que esses fatos vêm ocorrendo.

Flávio Dino, que também está sempre nas redes sociais, analisando e criticando negativamente medidas do governo e posições do presidente Jair Bolsonaro, declarou ainda que até hoje não sabe o que o Ministério da Saúde recomendou sobre o uso da cloroquina para cura de coronavírus, porque não tem tempo para acompanhar o debate entre "cloroquinistas" e "anticloroquisnistas".

Flávio Dino disse ainda que não teme as investigações da Polícia Federal sobre desvio de dinheiro que seria para ações de combate ao coronavírus, "pois sou ficha limpa e vou continuar sendo".

Prazo para saque de abono salarial do PIS/Pasep termina nesta sexta e cliente da Caixa recebe automaticamente

Prazo para saque do PIS-Pasep acaba nesta sexta-feira, 29 ...
GIRO ECONÔMICO

O prazo para o saque do abono salarial 2019/2020 dos programas de Integração Social (PIS) de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) termina nesta sexta-feira (29). Inicialmente, esse prazo era 30 de junho, mas uma resolução do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) definiu a nova data e estabeleceu o calendário 2020/2021.

O calendário de pagamento de 2020/2021 tem início em 30 de junho de 2020 e término em 30 de junho de 2021. No caso do abono salarial do PIS, o pagamento é feito pela Caixa Econômica Federal a trabalhadores da iniciativa privada, considerando o mês de nascimento do trabalhador. O pagamento do abono salarial do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) é feito pelo Banco do Brasil, de acordo com o dígito final do número de inscrição do servidor público.

Os trabalhadores com conta na Caixa, no caso do PIS, ou no Banco do Brasil, para o Pasep, recebem o crédito automaticamente.

Startup Day - O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) realiza neste sábado (30) a sexta edição do Startup Day, considerado um dos mais importantes eventos do país voltados a startups, potenciais empreendedores, investidores e o público interessado em inovação. Devido às medidas de isolamento social decorrentes da pandemia do novo coronavírus, o evento será realizado, pela primeira vez, de modo totalmente online. Na programação estão previstas palestras, demodays, oficinas e lives.

Pagamento de luz I - A Equatorial Maranhão desenvolveu mais uma novidade para os clientes realizar emo pagamento de conta de energia de forma delivery, evitando possíveis exposições a aglomerações em filas de bancos e lotéricas. Para pagar a conta de energia de forma facilitada, basta que o cliente ligue no número 0800 025 0116 e agende uma visita. Poderão ser utilizadas as formas de pagamento: cartão de débito, cartão bolsa família ou cartão de crédito nas bandeiras: Visa, Master, Maestro, Elo, American Express e Hipercard. Os agentes não estão autorizados a receber dinheiro em espécie.

Em tempos modernos, as reuniões empresariais têm sido realizadas por
videoconferência, como a do registro acima, de diretores da Federação das
Indústrias, o que poderá continuar se realizando quando a vida voltar à
normalidade, mas somente em situação especiais
Pagamento de luz II - Por se tratar de um serviço experimental, o novo serviço da Equatorial estará disponível apenas nos seguintes bairros de São Luís: Alto do Calhau, Calhau, Cohajap, Cohama, Cohaserma, Renascença e Jardim Renascença, Jardim Eldorado, Olho d’Agua, Parque Atenas, Parque Shalon, Planalto Vinhais, Ponta d’areia, Ponta do Farol, Quintas do Calhau, São Francisco, Turu e Vinhais.

Recuperação de respiradores - Rede voluntária formada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), grandes indústrias e instituições já devolveu 1.016 ventiladores pulmonares consertados a hospitais de 223 cidades do País. Os aparelhos, que estavam sem uso, passaram por reparo nos 39 postos de manutenção localizados em 20 estados. Desde 30 de março, quando a Iniciativa + Manutenção de Respiradores passou a operar, foram recebidos 3.151 respiradores, dos quais 1.351 estão em manutenção e 189 passam por calibração, última etapa antes da devolução ao serviço de saúde. No Maranhão, foram recuperados sete respiradores.

Recuo do consumo - O recuo de 2% do consumo das famílias no primeiro trimestre deste ano na comparação com o último trimestre do ano passado foi a queda mais intensa desde 2001, quando houve uma crise de fornecimento elétrico, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O motivo da queda teria sido a pandemia do novo coronavírus e as consequentes medidas de isolamento social colocadas em prática por vários governos estaduais e municipais para combater a disseminação da doença.

28 de mai. de 2020

Algumas atividades econômicas voltam em junho, mas escolas e creches, não, e fica a pergunta: com quem as trabalhadoras vão deixar suas crianças?

O Governo do Maranhão está diante de um grande dilema: tudo indica que algumas atividades econômicas serão retomadas a partir da próxima semana no estado, o que significa dizer que muitos trabalhadores em regime de quarentena, em home offuce, férias coletivas ou mesmo em licença remunerada terão de se reapresentar.

O problema é que muitos desses trabalhadores, principalmente as trabalhadoras, estão cumprindo quarentena com uma jornada a mais, que é cuidar dos filhos, também dispensados da sala de aula desde março, e como o governo não tem previsão de quando as aulas serão reiniciadas não poderão ir para a escola nem em para creches, e fica a dúvida: com quem deixar?

Essa indefinição pode punir mulheres, já que na maioria dos casos, são elas que cuidam de suas crianças e se não tiverem com quem deixá-las não poderão se reapresentar no emprego e as que não se reapresentarem poderão ser demitidas

Maranhão foi o estado nordestino que registrou menos fechamento de empregos no período de janeiro a abril

Secretário diz que não há fila para obtenção de seguro-desempregoO Maranhão foi o estado do Nordeste que menos fechou empregos com carteira assinada entre janeiro e abril deste ano, período fortemente impactado pela pandemia do coronavírus.  No Brasil todo, houve perda de 763.232 postos de trabalho formais nos primeiros quatro meses do ano, de acordo com números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Ceged), divulgados pelo Ministério da Economista nesta quarta-feira (27).

No Nordeste, a queda foi de 190.081 vagas com carteira. E no Maranhão, foi de 3.959 postos de trabalho, ou seja, seja, o Maranhão ficou com 0,5% do corte de vagas do Brasil. Em outras palavras, a cada 200 empregos perdidos, apenas um foi no Maranhão.

Leia mais
Maranhão fecha 5,6 mil empregos em abril e nos quatro meses saldo negativo supera os 3,9 mil

“Entre os estados do Nordeste, o Maranhão foi aquele que menos perdeu empregos formais em 2020, até o momento. Mais uma prova da falsa dicotomia entre cuidar da saúde e da economia. Lutamos em todos os âmbitos, todos os dias”, disse o governador Flávio Dino.

Em termos porcentuais, o Maranhão teve a menor variação negativa no Nordeste e a sétima menos favorável entre todas as 27 unidades da federação.

Deputado sugere cardápio online para aumentar a distância entre clientes e garçons nos restaurantes

Cardápio Digital Online Interativo - Pizzaria Delivery no Elo7 ...
GIRO ECONÔMICO

O deputado estadual Dr. Yglésio, por meio de Indicação, sugeriu uma medida que, segundo ele, contribuirá para diminuir a possibilidade de contaminação em ambientes de grande circulação de pessoas. Consiste na utilização de QR-Codes por bares e restaurantes, para que os consumidores tenham acesso online a cardápios, menus e demais itens correlacionados.

“A utilização da tecnologia neste momento de retomada das atividades econômicas é essencial para diminuirmos a contaminação, que pode ocorrer também entre consumidores e funcionários desses estabelecimentos”, argumentou o deputado.

A tecnologia pode ser uma grande aliada na retomada das atividades, conforme o deputado, pois aplicativos de transporte, delivery de comida e demais serviços também podem contribuir para que as pessoas precisem sair menos de casa e, assim, consigam evitar uma segunda onda de contaminação por Covid-19 no estado, principalmente em São Luís, que é o epicentro da pandemia no Maranhão.

Doação de alimentos - O Congresso Nacional destinou R$ 10,1 milhões para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), programa compra a produção de pequenas propriedades da agricultura familiar, por meio de emendas parlamentares, para aquisição de alimentos a serem destinados a escolas públicas, abrigos, restaurantes populares e instituições que realizam trabalhos sociais, por meio de chamada pública da Conab. No total, os parlamentares fizeram 21 emendas destinando o recurso para estados ou municípios. A estimativa é que os R$ 10 milhões comprem alimentos de 1,3 mil agricultores familiares. O alimento deve ser direcionado para cerca de 350 entidades.

Energia solar - O Brasil atingiu a marca de 300 mil unidades consumidoras de energia solar na geração distribuída, conforme informa a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar). São 2,8 gigawatts de potência instalada da fonte solar na microgeração e minigeração distribuída. A energia fotovoltaica representa 99,8% de todas as conexões distribuídas, com mais de R$ 14,6 bilhões em investimentos acumulados desde 2012, espalhados pelas cinco regiões nacionais. O Brasil, no entanto, continua com um mercado ainda muito pequeno, já que possui 84,4 milhões de consumidores de energia elétrica e apenas 0,4% faz uso do sol para produzir eletricidade.

Cristiano Fernandes quer mais interlocução do empresariado com ...
Cristiano Fernandes, no registro com o vice-governador Carlos Brandão,
reivindica do Governo do Estado uma maior transparência sobre a 
reabertura do comércio de São Luís, a partir do mês de junho. Leia mais:
Associação Comercial cobra mais clareza do Governo do Estado sobre 
Abertura no sábado - A Caixa Econômica vai abrir, neste sábado (30), de 08h ao meio-dia, 36 agências no Maranhão para atendimento aos beneficiários do Auxílio Emergencial que receberam a primeira parcela até 30 de abril, nascidos em janeiro e que queiram fazer o saque em espécie do benefício. A partir desta data, também será possível a transferência do benefício para contas da Caixa ou de outros bancos. Em todo o país serão 2.213 unidades abertas.

Crédito do BNB - O Banco do Nordeste vai disponibilizar condições diferenciadas aos maranhenses para financiamentos e renegociações de dívidas. A linha de crédito especial FNE Emergencial do Banco do Nordeste vai dispor R$ 3 bilhões do Fundo Constitucional de Financiamento da região. O recurso atenderá os setores produtivos industrial, comercial e de serviços. Pessoas físicas e jurídicas podem acessar o crédito, bem como cooperativas que desenvolvam atividades produtivas não rurais. A taxa de juros será equivalente a 0,21% ao mês, além de condições especiais de carência e prazos para pagamento. 

Transporte de cargas - A Pesquisa de Impacto do Coronavírus no TRC mostra a persistência dos efeitos negativos da pandemia da covid-19 sobre o modal rodoviário de cargas. Entre 18 e 24 de maio, a demanda geral pelo serviço retraiu 41,28%, tendo como parâmetros as estimativas anteriores à crise sanitária. O volume oscilou, negativamente, também para carga fracionada (-41,34%) e para carga lotação (-41,27%). No período analisado, 94% das empresas ouvidas registraram queda no faturamento – pior número da série iniciada em 16 de março. Os dados são colhidos e analisados pelo Departamento de Custos Operacionais, da NTC&Logística (Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística).

27 de mai. de 2020

Posição de Edilson Baldez sobre situação econômica do Maranhão na pandemia repercute no meio empresarial

GIRO ECONÔMICO

Repercute nos meios empresarial e político a posição assumida pelo presidente da Federação das Indústrias (Fiema) sobre a situação das empresas diante da pandemia de coronavírus. "A gravidade da situação impõe aos líderes políticos, aos empresários e a sociedade soluções para o enfrentamento da pandemia", diz ele.

"O Brasil está atravessando um momento muito difícil. A crise sanitária está provocando perdas irreparáveis, tirando vidas, fechando empresas e abalando a economia. Afeta a saúde do brasileiro, os negócios, elimina empregos e destrói as esperanças da população. A gravidade da situação impõe aos líderes políticos, aos empresários e a sociedade soluções para o enfrentamento da pandemia. A Fiema está fazendo sua parte, contribuindo no apoiamento aos empresários industriais, aos trabalhadores, à sociedade e aos governos, realizando ações de responsabilidade social e de solidariedade à população", diz Baldez.

"A indústria precisa se recuperar e voltar a prosperar. É tempo de unir forças e promover a harmonia para combater a pandemia. Porque, toda dificuldade tem começo e fim", conclui o presidente da Federação das Indústrias.

Recuperação de empresas - A advogada Ana Cristina Brandão, em entrevista à revista Maranhão Hoje de maio, que está nas bancas, estima que um grande número de empresários vão bater às portas do Judiciário para pedir recuperação judicial por não poderem continuar suas atividades normalmente após a pandemia de coronavírus. A recuperação judicial, como orienta, pode dar fôlego às empresas para que evitem o pior, que é a falência. Ana Cristina fala também sobre segurança jurídica após as medidas para conter a proliferação do covid-19.

Mesa Feliz da ACM - No último final de semana, a Associação Comercial do Maranhão realizou a etapa final do projeto solidário “Mesa Feliz”, iniciada na semana que antecedeu o Dia das Mães e que arrecadou doações para a compra de aproximadamente 7,5 toneladas de alimentos. Na última etapa foram entregues 300kg de frango e 100kg de trigo para instituições que atendem mães carentes. Foram atendidas a Associação de Mães de Vila Nova, Vila São Benedito, no Anjo da Guarda; Paróquia São Francisco de Assis, no Anjo da Guarda; Instituto São José do Bonfim, na Ponta do Bonfim.

A Corte Eleitoral do Maranhão está sob novo comando,
com a saída do presidente Cleones Cunha, que foi sucedido
pelo também desembargador Tyrone Silva, que tem como
principal desafio coordenar a eleição deste ano
Teste rápido - Duas lojas da Pague Menos em São Luís – Calhau e Turu – e uma em Imperatriz – Centro – iniciam nesta quinta-feira (28) a prestação de serviços de testagem rápida para coronavírus. O objetivo é dar às pessoas mais segurança sobre seu quadro de saúde, pois podem saber se estão ou se já estiveram infectados pelo covid-19.

Colaboração das indústrias - Como forma de suprir a demanda por produtos que estão em falta no mercado e ajudar o sistema de saúde, quatro grandes companhias do estado se uniram para produzir e engarrafar álcool. Enquanto a empresa sucroalcooleira AgroSerra, de Balsas, produz o álcool a 70%, a FC Oliveira, que produz itens de higiene, embala o produto em recipientes de um litro. As garrafas PET foram doadas pela Solar Coca-Cola, franqueada maranhense da gigante de bebidas.

Golpe na internet - A construtora MRV denunciou nesta quarta-feira (27) uma campanha que pode induzir pessoas a caírem numa armadilha para prática de possíveis golpes com o lançamento de uma falsa campanha de sorteio de imóveis. “Pessoas estão utilizando o nome da companhia para conseguir dados pessoais para usá-los de forma indevida. As nossas promoções estão devidamente regulamentadas em nosso site oficial: https://www.mrv.com.br/regulamento”, diz o comunicado da empresa.



MRV denuncia uma falsa campanha para sorteio de casas que pode expor pessoas possível prática de golpes na net

A MRV distribuiu nesta quarta-feira (27) nota com denúncia de uma armadilha para possíveis fraudes por meio de uma falsa campanha de doações de casas pela construtora.

O post, que já conta com mais de 6 mil mensagens trocadas e cerca de 2 mil compartilhamentos, encaminha as pessoas para uma página onde devem preencher seus dados, que pode ser utilizados.

Leia mais:
MRV contrata corretores para venda dos novos condomínios que está lançando em São Luís

Para driblar crise da pandemia de coronavírus, MRV cria condições especiais para venda de imóveis

Comunicado:

Informamos que não está acontecendo nenhum cadastro para doação de casas através de páginas das rede sociais. Salientamos ainda que não solicitamos dados pessoais em páginas que não são oficiais. Fique atento às tentativas de fraude! Pessoas estão utilizando o nome da companhia para conseguir dados pessoais para usá-los de forma indevida. As nossas promoções estão devidamente regulamentadas em nosso site oficial: https://www.mrv.com.br/regulamento. Informamos também que a solicitação de dados pessoais por parte da MRV ocorre exclusivamente através do nosso site oficial: https://www.mrv.com.br ou através do inbox da página no Facebook https://www.facebook.com/mrv.

26 de mai. de 2020

PERGUNTAR NÃO OFENDE

Quem ao longo de décadas vem tomando cloroquina para cura de malária, artrite e lupo sente quais efeitos colaterais? Quantos já morreram pelo uso desse medicamento? Ou isso nunca foi objeto de preocupação da comunidade científica e médica?

Leia mais
Organização Mundial de Saúde interrompe ensaio clínico com cloroquina em pacientes com covid-19

Pesquisa realizada pelo Sebrae aponta impacto da pandemia de coronavírus nas micro e pequenas empresas

GIRO ECONÔMICO

Pesquisas realizadas pelo Sebrae desde o anúncio da pandemia do coronavírus, mostram que a crise econômica atingiu em cheio os pequenos negócios em praticamente todos os setores da atividade econômica; mas foi especialmente prejudicial para as mulheres empreendedoras. Durante a crise, segundo o levantamento, as mulheres estão buscando mais soluções digitais que os homens para continuar funcionando (34% contra 31%) e avançaram mais que os empresários do sexo masculino no sentido de implementar as vendas on-line.

O estudo do Sebrae revelou ainda que as mulheres estão ligeiramente mais otimistas que os homens sobre quanto tempo vai demorar para a economia voltar ao normal, após a pandemia (10 meses contra 11 meses no caso dos homens).

Números da Pesquisa:
  • As mulheres foram mais afetadas pela crise (52% fecharam “temporariamente” ou “de vez” contra 47% nos homens)
  • Em média, as mulheres precisam 14% a menos que os homens para manter seu negócio sem fechar (R$12,4 mil contra R$ 14,5 mil nos homens)
  • As mulheres buscam mais soluções digitais que os homens para continuar funcionando (34% contra 31%)
  • As mulheres caminharam mais (que os homens) para vendas on-line.
  • Os homens buscaram mais (que elas) gerenciar as contas pelo app do banco
  • No empreendimento delas, em média, há 3 pessoas ocupadas (no deles 4 pessoas ocupadas)
  • As mulheres tiveram que dispensar 2 pessoas, em média, por causa do Covid-19 (os homens demitiram 3 pessoas)
  • As mulheres utilizaram um pouco mais a medida da suspensão do contrato de trabalho (31%) do que os homens (27%)
  • Empréstimos sem juros (59%) e auxílio temporário para subsistência (55%) seriam as medidas mais demandadas pelas mulheres para compensar a crise
  • As mulheres costumam procurar menos empréstimos que os homens (44% nunca buscou contra 38% dos homens)
  • Nessa crise, as mulheres pretendem pedir menos empréstimos que os homens (54% contra 64% dos homens)
  • Só 34% das mulheres, de fato, já buscaram empréstimos (contra 41% dos homens). Em ambos os casos, a maioria que buscou, foi a bancos, mas poucos conseguiram (perto de 5% na média dos dois gêneros)
  • A proporção de mulheres com dívidas em atraso (34%) é maior que a encontrada entre os homens (31%)
  • As mulheres estão ligeiramente mais otimistas que os homens sobre quanto tempo vai demorar para a economia voltar ao normal (10 meses contra 11 meses no caso dos homens)
UTI em Grajaú - Mesmo sem contar com qualquer tipo de apoio do Governo do Estado, o prefeito de Grajaú, Mercial Arruda, instalou no seu município uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com dez leitos exclusivos para o tratamento de pacientes afetados pela covid-19. Segundo o deputado federal Hildo Rocha (MDB), o prefeito agiu de forma correta e heroica pois os custos do empreendimento foram bancados com recursos próprios do município. Rocha afirmou que irá lutar para que o governo federal ajude no funcionamento da UTI municipal.

Travessia pelo ferryboat - A partir desta terça-feira (26), a Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB), irá disponibilizar 12 viagens diárias no transporte aquaviário (ferryboat). A  empresa Servporto vai realizar a travessia às 4h, 10h e 16h saindo do Terminal da Ponta da Espera em direção ao Cujupe; e às 6h30, 12h30 e 18h30 no sentido Cujupe em direção à Ponta da Espera. Já a Internacional Marítima realiza as viagens às 7h, 13h e 19h saindo de São Luís sentido Cujupe e às 9h, 15h30 e 21h30 no sentido contrário.

Posição da Fiema - Repercute nos meios empresarial e político a posição assumida pelo presidente da Federação das Indústrias (Fiema) sobre a situação das empresas diante da pandemia de coronavírus. "A gravidade da situação impõe aos líderes políticos, aos empresários e a sociedade soluções para o enfrentamento da pandemia", diz ele.

Leia mais

Transporte aéreo - A demanda por voos domésticos teve queda de 93% em abril, em relação a igual mês do ano passado, refletindo o agravamento do impacto da pandemia do novo coronavírus na aviação comercial brasileira. A oferta de assentos nos aviões recuou 91,3% na mesma comparação. Esses dois indicadores são os piores resultados mensais da série histórica da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), iniciada em 2000. Os dados foram compilados pela Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas) e incluem as operações de suas associadas (Gol, Latam, Voepass/Map) e trazem números agregados das demais empresas nacionais.

Corretores de imóveis - Até esta sexta-feira (26), MRV recebe inscrições para o credenciamento de corretores autônomos em São Luís. O objetivo é reforçar sua equipe na cidade com foco nos novos condomínios que serão lançados pela companhia.
 Os candidatos devem ter ensino médio completo ou superior, experiência nas áreas de vendas, promoção, telemarketing e/ou afins, e habilidade em informática.

Presidente do Poder Judiciário, Lourival Serejo, prorroga regime de plantão extraordinário até o dia 14 de junho

O presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, Lourival Serejo, e o corregedor-geral da Justiça, Paulo Velten, assinaram a portaria-conjunta nº 29/2020, para prorrogar o regime de Plantão Extraordinário (trabalho remoto) até o dia 14 de junho. O prazo poderá ser ampliado ou reduzido, caso necessário, por ato da Presidência do Tribunal.

A medida considera a declaração pública de pandemia em relação ao novo coronavírus pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e o Decreto nº 35.672/2020, que declarou situação de calamidade no Estado do Maranhão. Além disso, o documento tem como base o que está disposto nas Resoluções do Conselho Nacional de Justiça 313/2020, 314/2020, 318/2020 e na Portaria nº 79/2020.

No âmbito do Judiciário estadual, a portaria-conjunta leva em consideração as portarias-conjuntas nºs 14, 16, 18 e 23/2020; o Ato da Presidência GP 6/2020; e as Resoluções GP nº 22/2020 e 25/2020.

25 de mai. de 2020

PERGUNTAR NÃO OFENDE

Já que enfrentamento de pandemia é Ciência, por que se leva tão a sério uma estimativa sobre o que iria acontecer sem a decretação de lockdown?

Por que quem tem três membros da família pode e quem emprega até duas pessoas não pode abrir seu comércio?

PONTO DE VISTA

Após dois meses impedidos de abrir as portas dos seus estabelecimentos para atender exigências do poder público com sua política de contenção do coronavírus, algumas pequenas empresas estão podendo se reencontrar com a clientela a partir desta segunda-feira (25), mas somente aqueles negócios que têm a família envolvida na atividade poderão funcionar, o que, convenhamos, é uma visão equivocada do Governo do Estado, por estabelecer uma concorrência desleal com quem não tem cônjuge, filhos, mas paga salário a um ou dois auxiliares.

Peguemos um exemplo: João é casado com Raimunda, com que tem uma Francisca uma filha. Ele é dono de uma pequeno bazar e elas trabalham com ele, portanto, está autorizado a abrir, mas a proprietária da empresa ao lado, Maria José, que é solteira e não tem filhos, não pode porque quem a auxilia são dois empregados que paga e garante todos os direitos trabalhistas, e assim vai ter que continuar esperando os debates realizadas nas secretarias de Indústria e Comércio, Direito Humanos e Casa Civil para saber quando vai chegar a sua vez de ter permissão para também fazer a roda girar e cessar a falta de dinheiro no caixa.

É uma coisa difícil de entender, pois, afinal de contas, o governo criou um Conselho Empresarial justamente para debater assuntos ligados à iniciativa privada, e não se admite que ninguém atente para uma situação como esta.

Pensando bem, o que o governador Flávio Dino fez foi autorizar o que já estava insubordinadamente autorizado em diversas partes da cidade, pois até mesmo durante o lockdown, pequenos comerciantes que precisam abrir sua loja todos os dias para apurar a feira da manhã seguinte, pagaram para ver o risco de se defrontar com o coronavírus, pois estavam funcionando, pouco ligando se sua atividade é essencial ou não, até porque estavam entre dois riscos: contaminação ou falência,.

Com todo respeito aos que seguem as recomendações da ciência e optaram por um modelo de enfrentamento da pandemia, para muitas pessoas, diferentemente de um promotor de Justiça, de um defensor público, de um juiz ou desembargador, de um técnico concursado (portanto estabilidade), de um vereador, deputado ou senador e outros donos de contracheque gordo, que chova ou faça sol o dinheiro cai na conta, "ficar em casa" não a melhor alternativa, apesar do risco.

Na próxima semana, o governador promete flexibilizar a economia para outros segmentos. Vamos torcer para que Maria José também seja autorizada a abrir sua loja e seus empregados não precisem ir para a fila do seguro desemprego. Talvez junto com ela, outros gigantes também já estejam com permissão de abrir. Seja como for, melhor assim.

Cona fortalece agricultura familiar na Amazônia Legal com orientações sobre como impulsionar a produção

GIRO ECONÔMICO

Em oito meses de execução, o projeto de Fortalecimento da Agricultura Familiar na Amazônia Legal (Fortaf-AL) desenvolvido pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) já atingiu 47,5% das metas estabelecidas relacionadas ao atendimento e capacitação. Com isso, cerca de 7 mil produtores familiares foram contemplados com alguma das ações executadas no âmbito do programa. Os dados foram obtidos a partir de análise das informações inseridas no MGP-Mapa 3.0, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), que orienta as ações do projeto.

Com duração prevista de 30 meses e finalização em 2021, o Fortaf-AL tem como objetivo impulsionar a produção da agricultura familiar e da sociobiodiversidade na região, de forma a assegurar renda e, ao mesmo tempo, auxiliar na preservação ambiental.

Como reflexo dessas medidas, a Conab registrou o acesso de 1.560 agricultores familiares situados em regiões produtoras da Amazônia Legal no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

Certificação digital- A Câmara dos Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL) está disponibilizando a pessoas físicas e jurídicas o serviço remoto de renovação de Certificado Digital, trabalho feito por videoconferência, sem necessidade de deslocamento até a sede da entidade. Todo o processo é feito rapidamente, precisando somente do agendamento junto e a renovação é imediata. Para usufruir do serviço é necessário apenas que o certificado digital ainda não esteja vencido e tenha sido emitido pelo SPC Brasil desde 2016. 

Doação da Eneva - A Eneva acaba de realizar mais uma etapa das doações que vem fazendo para seis municípios do Maranhão onde a empresa mantém operações - São Luís, Santo Antônio dos Lopes, Capinzal, Lima Campos, Pedreiras e Trizidela. Desta vez, 1.200 cestas foram entregues para comunidades próximas ao Itaqui e Defensoria Pública, com parte dos alimentos para abrigos de idosos. Até o momento, são 4.200 cestas que beneficiaram mais de mil famílias de comunidades consideradas em vulnerabilidade social. 

Leia mais
Eneva doa 32 toneladas de alimentos, 2 mil kits de higiene e cinco respiradores no Maranhão
O reitor Natalino Salgado (D), da Universidade Federal do Maranhão,
com seu retorno ao cargo pretende reatar as relações com o Serviço
Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), dirigido no estado
 por José Ahirton Lopes (E). Ainda no registro, Silvano Bezerra

Demissão do Iphan - A ex-presidente do Instituto de Patrimônio Histórico e Artísstico Nacional (Iphan), Kátia Bogéa, está convencida de que sua demissão do órgão se deu por pressão do empresário Luciano Hang, dono da Havan, por ela suspender uma obra sua no Rio Grande do Sul. Em julho do ano passado, Kátia Bogéa esteve em São Luís para anunciar as obras de requalificação da Praça João Lisboa, Largo do Carmo e Rua de Nazaré e construção da Praça das Mercês, obras que seriam lançadas pelo presidente Jair Bolsonaro, como presente de aniversário à cidade, que aniversaria em setembro.

Leia mais
Kátia Bogéa diz que foi demitida por Bolsonaro do Iphan a pedido de Luciano Hang, da Havan

Teste rápido - A rede de farmácias Pague Menos começará a realizar, nesta quinta-feira (28), testes rápidos de Covid-19 no Maranhão. Duas unidades em São Luís e uma unidade em Imperatriz oferecerão o serviço, que só é feito mediante agendamento prévio, por meio do telefone 0800 022 8282. Quem tiver interesse poderá fazer os exames nas unidades Avenida São Luis Rei de França (Tutu) e Avenida dos Holandeses (Calhau) na capital maranhense, e na loja Avenida Babaçulândia (Imperatriz).rápido.

Leia mais
Pague Menos realiza a partir desta quinta-feira testes rápidos para coronavírus no Maranhão

Bolsa de estudo - Quem não participou do Enem 2019, mas deseja começar o ensino superior ainda este ano, pode contar com uma bolsa de estudo para faculdade privada. Com o Educa Mais Brasil, programa de inclusão educacional privado que oferta descontos de até 70%, fica mais fácil fazer com que os valores das mensalidades caibam no orçamento. Para participar do programa, não é necessário apresentar nota do Enem ou comprovação de renda.

Leia mais

Associação Comercial do Maranhão promove Live sobre os novos mercados e consumidores no pós pandemia

Ricardo Carreira (@rcarreira73) | TwitterO professor Ricardo Carreira é o convidado da Associação Comercial do Maranhão (ACM) para a Live que a entidade promove nesta segunda-feira (25), a partir das 19h, no seu perfil do instagram (@acmma01). O tema abordado será “Os novos mercados e os novos consumidores pós pandemia”.

Ricardo Carreira é doutorando em Global Managment, mestre em Negócios, especialista em Projetos, administrador, sócio fundador da Faene Faculdade de Negócios, diretor do Colégio Objetivo São Luís e professor titular da UFMA e Faene. A Live será mediada pelo consultor da ACM, Julianderson Bandeira, da JB Result.

Desde que foi decretado o isolamento social como forma de prevenir a transmissão do novo coronavírus (Covid-19), a ACM tem utilizado suas redes sociais e outras ferramentas on-lines para ofertar conteúdos importantes para a condução dos negócios dos seus associados e do empresariado local. Recentemente, a entidade promoveu Live com a dama do varejo nacional, Luiza Helena Trajano, presidente do Magazine Luiza. A ACM ressalta que todas as Lives realizadas nos últimos meses estão disponíveis no seu canal do Youtube (/acmma).

Colégio Dom Bosco comemora 62 anos de fundação com a transmissão de missão pela internet nesta segunda-feira

PORTAL LESTE MARANHENSE: Após denúncias de assédio, professor do ...Nesta segunda -feira (25), a partir das 16h, será celebrada uma missa em ação de graças pelos 62 anos dedicados à educação do Colégio Dom Bosco. A transmissão poderá ser acompanhada ao vivo no canal do YouTube; Facebook e Instagram da escola: domboscosaoluis.

A escola que fundada, há 62 anos, pela educadora Maria Izabel Pereira Rodrigues com o nome de Jardim de Infância O Pequeno Polegar, que já trouxe na sua grade pedagógica, arte, música, feiras culturais e outras práticas educativas consideradas revolucionárias para aquela época.

Hoje, comandada pela terceira geração de uma família apaixonada pela arte de educar com qualidade
o Dom Bosco segue inovando ao adotar o conceito de escola exponencial; com uso de metodologias ativas e tendo como propósito maior “impactar o mundo desenvolvendo pessoas”.


24 de mai. de 2020

PERGUNTAR NÃO OFENDE

Alguém pode explicar como o presidente do Supremo, cumprindo quarentena cercado de todos os cuidados, pega coronavirus com mais facilidade que um morador de rua?

Leia mais
Presidente do STF apresenta sintomas de infecção pelo novo coronavírus e está internado em observação

Até os eruditos caem na tentação de usar palavrões: advogado Saulo Ramos chamou o ministro do Supremo Celso de Mello de "juiz de merda"

O médico, advogado e jornalista João Bentivi, em sua página no Facebook, rememora uma passagem importante do livro O Código da Vida, de Saulo Ramos, que foi advogado do ex-presidente José Sarney, envolvendo o ministro do Supremo Tribunal Federal Celso de Mello, que semana passada causou uma celeuma danada ao quebrar o sigilo de um vídeo sobre a reunião ministerial do dia 22 de abril em que o presidente Jair Bolsonaro teria manifestado interesse de intervir na Polícia Federal.

Pois bem, o conteúdo do vídeo choca porque muita gente se sentiu ofendida pelos palavrões pronunciados por autoridades, que deveriam ser polidas. Pois bem, neste episódio narrado por Saulo Ramos percebe-se que ele também caiu na tentação de usar palavras chulas quando se sentiu obrigado a a questionar a conduta de um membro da Suprema Corte do chamou de "juiz de merda", tal como Bolsonaro classificou o governador de São Paulo, João Doria, e o prefeito de Manaus(AM), Arthur Virgílio Neto, de "bosta", e Wilson Witzel, governador do Rio de Janeiro, de "estrume".

Eis o resumo do caso:

José Sarney candidatou-se a senador pelo estado do Amapá, em 1986, após o PMDB negar a ele legenda no Maranhão, e o caso foi parar no Supremo, pois Sarney jamais residira, votara ou militara politicamente no seu novo domicílio eleitoral; apenas vislumbrou a chance de uma eleição mais fácil, após a Presidência da República, e seus adversários pediram a impugnação da candidatura.

No julgamento no Supremo, Celso de Mello, que fora indicado por Sarney, votou pela impugnação. Em seguida, mais que depressa, telefonou a Saulo Ramos para explicar sua posição, o que se deu segundo o diálogo descrito no livro:

— Doutor Saulo, o senhor deve ter estranhado o meu voto no caso do presidente.

— Claro! O que deu em você?

— É que a Folha de S.Paulo, na véspera da votação, noticiou a afirmação de que o presidente Sarney tinha os votos certos dos ministros que enumerou e citou meu nome como um deles. Quando chegou minha vez de votar, o presidente já estava vitorioso pelo número de votos a seu favor. Não precisava mais do meu. Votei contra para desmentir a Folha de S.Paulo. Mas fique tranquilo. Se meu voto fosse decisivo, eu teria votado a favor do presidente

— Espere um pouco. Deixe-me ver se compreendi bem. Você votou contra o Sarney porque a Folha de S.Paulo noticiou que você votaria a favor?

— Sim.

— E se o Sarney já não houvesse ganhado, quando chegou sua vez de votar, você, nesse caso, votaria a favor dele

— Exatamente. O senhor entendeu?

— Entendi. Entendi que você é um juiz de merda.

Ninguém acerta as seis dezenas da Mega-Sena e prêmio para sorteio de quarta está acumulado em R$ 33 milhões

Mega-Sena: concurso 2264 é sorteado; prêmio vale R$ 6 milhõesNenhum apostador acertou os seis números da Mega-Sena sorteados neste sábado (23) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, em São Paulo. Os números sorteados no concurso 2264 foram: 02-03-08-19-29-37.

Na quina, 73 apostadores ganharam R$ 25.246,01. Os 4.354 ganhadores da quadra receberão o prêmio individual de R$ 604,68. A estimativa de prêmio do próximo concurso é de R$ 33 milhões para quem acertar as seis dezenas da Mega-Sena. O concurso 2.265 será no quarta-feira (27).

As apostas na Mega-Sena podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio em lotéricas ou pela internet. A aposta simples, com seis dezenas, custa R$4,50.
(Agência Brasil)

Live promovida pela Cebic debate nesta segunda-feira a crise enfrentada pelas empresas do setor da construção


GIRO ECONÔMICO

A Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) divulgará, na próxima segunda-feira (25), às 10 horas, os resultados do estudo Indicadores Imobiliários Nacionais, sobre o desempenho do segmento no primeiro trimestre de 2020. Também serão apresentados dados preliminares sobre os impactos da crise decorrente da Covid-19 no setor, em abril.

As informações, que envolvem vendas, lançamentos, oferta final, preço e Minha Casa, Minha Vida (MCMV), serão apresentadas à imprensa pelo presidente da CBIC, José Carlos Martins, pelo vice-presidente da área de Indústria Imobiliária da CBIC, Celso Petrucci, e pelo sócio da Brain Inteligência Corporativa, Fábio Tadeu Araújo. Jornalistas podem se cadastrar para participar da coletiva via Zoom até as 12h de sexta-feira (22/05). Os cadastrados terão acesso aos apresentadores para realizar perguntas ao vivo e receberão o material apresentado. O link de acesso ao Zoom será enviado por e-mail mediante credenciamento prévio.

A apresentação também será transmitida em tempo real pelo YouTube. O levantamento é correalizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional).

Shopping centers - Com 120 mil empregos encerrados, A Associação de Lojistas de Shopping Center (Alshop) apela para reabertura desses estabelecimentos. “Os governadores precisam encontrar um equilíbrio entre economia e saúde. Apoiam medidas restritivas enquanto veem a arrecadação desabar e já não terão sequer receita para manter o sistema de saúde em funcionamento e os salários dos servidores. Nos estados e municípios não adiaram o pagamento de impostos o que não tem prejudicado só os empresários, mas sim os empregados que dependem das empresas funcionando.”, diz Nabil Sahyoun, presidente 

Mensalidades de escola - Devido à pandemia do coronavírus, as aulas escolares estão suspensas desde o mês de março. Para se adequar ao novo cenário, algumas instituições de ensino privadas estão disponibilizando aulas na modalidade online. Considerando este cenário e sensível às dificuldades enfrentadas pelos pais e responsáveis, o governador Flávio Dino sancionou lei que determina a redução das mensalidades escolares, enquanto durar a suspensão das aulas presenciais. A Lei 11.259, sancionada em 14 de maio, determina a redução de 10% a 30% das mensalidades escolares e vale para unidades de ensino fundamental, médio, técnico, cursinhos preparatórios e superior (incluindo graduações e pós-graduações) da rede privada. A regra não vale para escolas comunitárias e situações em que o aluno já possui desconto por bolsa de estudos. O descumprimento acarreta em multa aplicada conforme Código de Defesa do Consumidor e será passível de fiscalização pelo Procon-MA. 

Eliziane Gama pede apoio a PEC que torna a Força Nacional ...
Senadora Eliziane Gama acha queo auxilio emergencial deve ser
prorro gado para amenizar o sofrimento de quem ficou sem renda
Prorrogação de auxílio - A senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) apresentou proposta (PL 2.825/2020) que dispõe sobre a ampliação por mais três meses do pagamento do auxílio emergencial de R$ 600. O benefício já é pago em três parcelas para trabalhadores que tiveram seus ganhos prejudicados pela pandemia do novo coronavírus. Reportagem de Regina Pinheiro, da Rádio Senado.

Leitura de conta -  A Equatorial Maranhão lançou mais uma facilidade para os seus clientes. Agora, os consumidores que possuem medidor de energia na parte interna do imóvel pode realizar o serviço de autoleitura no site da empresa, evitando qualquer tipo de contato com o leiturista. Para realizar o serviço o cliente precisa acessar o endereço www.equatorialenergia.com.br, clicar em “Agência Web”, depois em “Solicitações e Serviços” e por fim “Enviar minha autoleitura”.

Certificado digital -  Com as limitações provocadas pelo isolamento social, a CDL São Luís está disponibilizando a pessoas físicas e jurídicas o serviço remoto de renovação de Certificado Digital. O trabalho, feito totalmente por videoconferência, sem a necessidade de deslocamento até a sede da entidade, é regulamentado pela ICP-Brasil.




23 de mai. de 2020

Muita gente se chocou ao ouvir de Bolsonaro e ministros palavras ditas no cinema, novelas, partidas de futebol, reuniões de família e até em letras de músicas


Um palavrão diz mais do que mil palavras – Revide - Especial
Havia uma grande expectativa nesta sexta-feira (22) com a revelação do conteúdo de um vídeo mantido sob análise do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello que seria a gravação da reunião ministerial do dia 22 de abril, na qual, segundo o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro, o presidente Jair Bolsonaro teria manifestado interesse de intervir na Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro.

O que se viu e ouviu quando o tal vídeo passou a ser veiculado foi, na verdade, um festival de palavras desconexas, tiradas de uma reunião sem pauta, onde os participantes demonstram seu caráter informal ao pronunciarem frases quase nunca ditas em reuniões oficiais.

Diante de tudo isso que já foi comentado exaustivamente, as perguntas que ainda não querem calar são sobre as reais intenções da defesa do ex-ministro Moro e do membro da Suprema Corte para trazer isto à tona esse festival de mau gosto. Teria sido vingança por não haver os indícios propagados que incriminariam o presidente e assim deveria-se semear uma nova crise política?

Realmente é tudo tão estranho... e o pior é que a bomba detonada para destruir Bolsonaro, ao que tudo indica, está o fortalecendo mais ainda, pois nela, o que se vê é um presidente defendendo, com palavras rudes, democracia, liberdade de expressão, honestidade, cuidado com os mais pobres etc, mesmo achando, Sua Excelência, que tudo isto pode se resolver, em parte, armando o povo, o que arrepia intelectuais que gostam de mencionar  haver em Cuba um fuzil em cada residência para defender a revolução mas não aceitam isto também nos Estados Unidos, onde o princípio seria o mesmo, muito menos no Brasil, onde só os criminosos podem ter acesso a armas e munições.

Causam surpresa também os comentários de algumas pessoas sobre o nível das palavras, como se isto não fosse comum no Brasil em reuniões fechadas ou em conversas privadas, como os diálogos por telefone dos ex-presidentes Lula e Dilma, em que fica-se sabendo serem os presidentes da Câmara e do Senado "fodidos", a Suprema Corte uma casa rebaixada e para botar ordem nisso só chamando as mulheres de "grelo duro" da militância petista.

Recorda-se ainda que nas primeiras semanas do governo Flávio Dino, lá em janeiro de 2015, quando ainda se vendia a ideia de vingança ao sarneísmo, numa reunião no Convento das Mercês para se definir o que fazer com o acervo ali deixado pelo ex-presidente José Sarney, um dos secretários presentes ao ouvir a sugestão de se criar um memorial às vítimas do regime militar de 1964,  soltou um "puta que pariu" seguido de "uma ideia foda" e a recomendação para se implantar "essa porra". Quanta polidez! Dá até para imaginar o que não sai nas reuniões dessas autoridades cujos conteúdos do povo são escondidos.

Degravação: Leia tudo o que Bolsonaro e seus ministros falaram na ...
Mais surpreendente ainda é ouvir pessoas dizendo que estão com os ouvidos agredidos pelo baixo nível da reunião do presidente e seus ministros, apesar de terem cantado muito e ainda cantarem, bem como terem investido em discos e shows dos Titãs para ouvir "vão se foder porque aqui na face da Terra só tem bicho escroto". E os que sentiam o coração massageado com o romantismo de Cazuza quando dizia "estou com cara de cu lavado"? E quem formou sua ideologia politica de esquerda repetindo a frase de Chico Buarque "joga bosta na Geni"?

Sinceramente, jamais aprovaria uma reunião no nível da revelada pelo vídeo, mas desculpem, nenhum palavrão me surpreendeu por saber esse é o nível da maioria das conversas entre brasileiros em quaisquer lugares. Ou não é assim em partidas de futebol, em encontros de algumas famílias nos fins de semana, nos bate-papos de bar e em outros eventos? Agora se são ofensivas, isto se deve ao ministro Celso de Mello, que se tivesse se chocado também com o baixo nível, jamais deveria compartilhar com o povo brasileiro, ainda mais porque a veiculação está sendo em qualquer horário, estando ou não crianças em frente à TV ou atentas ao que sai no rádio e na internet.

Infelizmente, desde o ano passado, o Brasil não pode ficar uma semana em paz, por isto a pauta da que vai começar já está divulgada. É esperar agora o conteúdo das falas no telefone do presidente, já que o ministro Celso de Mello parece inclinado também a confiscá-lo para periciá-lo e talvez mostrar em que nível se dão os diálogos com familiares, auxiliares e outros chefes de estado.

Enquanto o ministro se movimenta assim, o Bolsonarismo agradece, pois mostra que o presidente continua o mesmo Bozo ou Mito da campanha, portanto vale a pena continuar defendendo-o, e quem quiser um político com punho de seda, palavreado cortês e outros rótulos que escondem práticas que fazem mais mal do que ser um tropeira, a eleição de 2022 está bem ali. E tem muita gente aí refinada: Ciro Gomes, Guilherme Boulos, Lula... além de engomados como João Dória, Luciano Huck, Fernando Haddad...

Empresário Paulo Marinho perde elegância ao externar no Twitter que jaqueta usada por Bolsonaro foi presente seu

Imagem
O empresário fluminense Paulo Marinho (PSDB), considerado um dos homens mais elegantes da alta sociedade fluminense e que é suplente de senador de Flávio Bolsonaro (sem partido) e foi um dos maiores aliados do presidente Jair Bolsonaro, ocupou as redes sociais na noite desta sexta-feira para fazer uma cobrança inusitada: a jaqueta usada pelo presidente é um presente dado por ele (Paulo Marinho) quando foi visitá-lo no hospital em que ele se recuperava da facada sofrida ainda no primeiro turno da eleição. Marinho havia sido citado de forma indireta por Bolsonaro, que o chamou de empresário sem CNPJ.

Leia mais
Vídeo não apresenta provas apontadas por Sergio Moro sobre intervenção na PF, diz Jair Bolsonaro


Paulo Marinho
@PauloMarinhoRio


Capitão, Acabo de vê-lo elegante dando entrevista na TV. Fico feliz que está bem agasalhado com um dos casacos que lhe foi presenteado por esse “empresário sem CNPJ” aqui, quando fui visitá-lo no hospital em companhia do nosso saudoso amigo Gustavo Bebianno. Bom fds!

Prefeito Luciano Genésio apela por orações em favor da saúde da deputada Thaíza Hortegal, com quem é casado

luciano genesio (@lucianogenesio1) | TwitterO prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio, fez um apelo por orações, na noite desta sexta-feira (22), pelas redes sociais, em favor da recuperação da deputada Thaíza Hortegal, com quem é casado e que está internada no Hospital São Domingo, em São Luís, com coronavírus. A assessoria da parlamentar informou que seu estado de saúde é muito delicado.

Leia mais
Deputada Thaiza Hortegal é internada no São Domingos e estado de saúde é delicado

Amigos, informo a todos vocês que a deputada Dra. Thaiza Hortegal, minha esposa, encontra-se internada na UTI com complicações causadas pelo novo Coronavírus (Covid-19). Peço a oração de todos vocês para que ela consiga vencer essa luta o mais rápido possível. luciano genesio @lucianogenesio1

Mais tarde no Twitter da parlamentar foi informado, pela assessoria de comunicação da parlamentar, que ela estaria mais, mas carecendo de cuidados:

O prefeito de Pinheiro e esposo da parlamentar, Luciano Genésio, recebeu informações, no fim da tarde, de que Dra. Thaiza apresentou melhoras, mas que a situação requer observação e cuidados rigorosos. 

Assessoria de Comunicação 
Gabinete da Dra. Thaiza Hortegal 
Deputada Estadual

22 de mai. de 2020

Na entrevista à Difusora FM, ex-presidente Lula diz se arrepender por não ter controlado meios de comunicação

Uma das declarações mais importantes do ex-presidente Lula na entrevista ao Ponto e Vírgula da Difusora FM, nesta quinta-feira (21), mas que passou despercebida, não foi entendida ou foi relevada pelos entrevistadores, por ser Lula, foi a de que se arrepende por não ter controlado os veículos de comunicação quando estava no poder, ou seja, acha que emissoras de rádio e TV, jornais, revistas, portais, sites etc deveriam funcionar sob rédeas curtas do Estado, tal como é em Cuba, Coréia da Norte, Venezuela e outras poucas nações de regime ditatorial. Tivesse vindo de outra pessoa do campo conservador ou da direita, seria um escândalo.

A manifestação do ex-presidente veio quando a ele foi lembrado que há uma cobrança no meio político para que faça uma autocrítica pelos erros cometidos quando presidente e pelo seus partido, o PT. Bem a seu estilo, Lula disse que nunca vai fazer autocrítica, pois cabe a seus opositores apontarem os erros do seu governo e do seu partido, e aí, disse que se arrepende apenas de não ter controlado a imprensa, bem como gostaria de ter aberto mais escolas técnicas e universidades, pois, mesmo sendo "o primeiro a sair da senzala para a casa grande", foi o presidente que mais investiu em Educação.

Assista a entrevista na íntegra aqui.

Maranhenses pagam R$ 1,8 bilhão a menos de impostos de janeiro a 22 de maio na comparação com o ano passado

Cifra de R$ 700 bilhões será visualizada no painel do Impostômetro ...GIRO ECONÔMICO

A arrecadação de tributos federais, estaduais e municipais no Maranhão, de 1º de janeiro a esta sexta-feira (22), caiu 18,3% na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo levantamento do Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), Já em em nível nacional, a queda foi de 17,9%. De acordo com o levantamento da ACSP, até 22 de maio de 2019, a arrecadação de tributos somou 990,4 bilhões e este ano caiu R$ 812,7 bilhões.

No Maranhão, o Impostômetro indica que ano passado a arrecadação no período foi de R$ 9,802 bilhões e este ano chegou a R$ 7,999 bilhões, ou seja, R$ 1,803 bilhão a menos. Os impostos em São Luís, que somaram, ano passado R$ 443,3 milhões caíram para R$ 329,1 milhões, ou seja R$ 124 milhões a menos, ou seja, 25,7%.

Leia mais
Arrecadação federal registra uma queda real de 28,95% no mês de abril

A queda está diretamente relacionada às concessões feitas pela União, estados e municípios, bem como uma queda brutal de consumo de diversos produtos, principalmente os considerados não essenciais por governadores e prefeitos que baixaram decretos criando isolamentos sociais e restringindo as atividades produtivas, em especial o comércio.

Protocolo cloroquina - O prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo, decidiu adotar o mesmo protocolo da Prefeitura Municipal de Floriano (PI) e vem conseguindo resultados excelentes na cura de infectados por coronavírus, com aplicação de hidroxicloroquina e aztromicina, evitando com congestionamento nos hospitais e, o que é mais importante, mortes. De acordo com o prefeito, que é médico, mais de 40 pessoas já foram curadas e os dois óbitos de moradores ocorreram porque os pacientes vieram se tratar em São Luís, onde tiveram seus quadros agravados.

Revenda de automóveis - Nem mesmo os empresários do setor de automóveis sabem se as concessionárias de veículos estarão autorizadas ou não a funcionar a partir de 1º de junho, tantas são as palavras para pouco explicar a situação por que se passa o Maranhão. Ainda assim, algumas vão optar por se manter fechadas até porque terão pouco a ofertar, como é o caso das revendas de motocicletas, cujas fábrica estão paradas. A Honda, por exemplo, deve voltar a produzir somente dia 18 de junho, ou seja, não se sabe quando poderão fazer esses veículos chegarem aos compradores.

Diversas famílias carentes de Bacabal estão sendo beneficiadas com a
distribuição de alimentos pela Associação de Cidadãos e Cidadãs
Solidários Vamos!, que receber R$ 212 mil a fim de adquirir cestas com 
esse objetivo. leia mais em MARANHÃO HOJE.
Ajuda ao Maranhão - Todos os dias após divulgação dos números sobre infecção e mortes por coronavírus, muitos maranhenses vão às redes sociais culpar o governo federal por essas ocorrências. Pois bem, o Maranhão já foi beneficiado com a habilitação de mais de 200 leitos de UTI pelo Ministério da Saúde e repassou mais de R$ 34,4 milhões ao Governo do Estado e prefeituras a fim de melhorar o atendimento aos pacientes graves ou críticos do coronavírus. Nesta quinta-feira (21), mais 202 foram habilitados para cinco estados, o que representa um investimentos superior a R$ 29 milhões, pagos em parcela única aos estados e municípios, para custeio dos novos leitos para os próximos 90 dias.

Dia da Indústria - Em meio à pandemia e seus impactos, o Dia Nacional da Indústria (25/05) em 2020 traz ainda mais significado para o setor, com um cenário de adequação de perspectivas e muitas adaptações. Dados do IBGE, divulgados no último dia 14, mostram que a produção industrial teve retração de 9,1% no país em março, em comparação com o mês anterior. Foi a primeira vez em oito anos que o levantamento registrou queda em todos os 15 locais pesquisados. O mais próximo disso só havia acontecido durante a greve dos caminhoneiros em 2018, quando foi registrada retração em 14 dos 15 locais. No Paraná, a queda foi de 4,9%.

Doação de imóveis - A Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou, nesta segunda-feira (18), em Sessão Extraordinária com Votação Remota por Videoconferência, o Projeto de Lei nº 152/2020, encaminhado pelo governador Flávio Dino (PCdoB), no qual requer autorização para proceder a afetação de diversos imóveis, em São Luís e no interior do Estado, em favor do Ministério Público Estadual. Afetação é o ato pelo qual um bem móvel ou imóvel passa, por deliberação da Administração Pública, à disponibilidade de um órgão que não é seu proprietário, para uma finalidade específica.

Bolsonaro diz que vídeo sob análise do ministro Celso de Melo para decidir se mantém ou não sigilo tem palavrão

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) advertiu em sua live desta quinta-feira (21) que o vídeo sob análise do ministro do Supremo Celso de Melo sobre a reunião de 22 de abril pode assustar a alguns porque tem muito palavrão. Segundo ele, o nível de conversa da reunião é igual ao de jornalistas numa redação quando estão debatendo qual deve ser a pauta do dia.

Leia mais
Jair Bolsonaro revela conversa com Sergio Moro e acusa ex-ministro de vazamentos


O presidente, mais uma vez, apelou ao membro da Suprema Corte para que mantenha parte da gravação sob sigilo, principalmente a que está fora do objeto de investigação por conta das denúncias do ex-ministro Sérgio Moro, que o acusa de interferência na Polícia Federal. Para Bolsonaro, a liberação de 100% do conteúdo da gravação pode gerar constrangimento a algumas pessoas e criar um desconforto internacional por conta de comentários de alguns participantes sobre políticas de outros países.

21 de mai. de 2020

PERGUNTAR NÃO OFENDE

Por que o que as emissoras de TV estão divulgando em rede nacional sobre as medidas de combate ao coronavírus por governadores nem sempre é percebido pelas populações dos estados, principalmente onde a cada dia aumenta o número de infectados e mortos?




Leia mais
Com 29 mortes a mais, de terça para quarta-feira, Maranhão chega a 663 óbitos por coronavírus


"Se algumas pessoas ficaram ofendidas, eu peço desculpas", diz Lula após comemorar chegada do covid-19

Apesar de ter pronunciado uma das frases mais infelizes desde o surgimento da pandemia de coronavírus, o x-presidente Lula ainda encontrou defesa entre seus admiradores. Houve quem considerasse o vídeo em que comemora a chegada do covid-19 ao Brasil uma montagem, quem dissesse que os brasileiros não sabem interpretar e quem só admitiu terem sido verdadeiras as palavras após ele se desculpar, mas ainda só elogiaram o recuo.

Leia mais


A fase do ex-presidente é esta: "ainda bem que natureza, contra a vontade da humanidade, criou esse monstro chamado coronavírus".

Pois bem, para mostrar que também não se sente completamente errado nas suas ideias, Lula só se desculpou a "algumas pessoas que ficaram ofendidas".

Vamos às suas explicações:

  • "Eu, na verdade, se tivesse falando 'infelizmente', em vez de 'ainda bem'... Tentei usar uma palavra para explicar, que no menosprezado SUS, é no auge da crise que a gente começa a descobrir a importância da instituição. Eu utilizei uma frase totalmente infeliz que não cabia".
  • "Eu sou ser humano movido a coração, eu sei o sofrimento que causa a pandemia, não poder enterrar seus parentes, eu não saio de casa do dia 12 até agora. Nasceu netinha minha eu não fui ver. Acredito piamente que enquanto não tiver remédio a melhor solução para não pegar a doença é ficar em casa", acrescentou, defendendo o isolamento social - diferentemente do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).
  • "Se algumas pessoas ficaram ofendidas eu peço desculpas, porque a frase não cabia naquilo que eu queria falar. Eu queria dizer que o Estado - e somente o Estado - é capaz de resolver questões que o mercado não vai resolver. 63% de todos os leitos do SUS foram construídos no meu governo e da Dilma [Rousseff]. Peço desculpa pela expressão 'ainda bem', mas também não posso aceitar que a partir daí digam que eu tava comemorando a pandemia", defendeu-se.
  • "Eu quero aproveitar e ser solidário a todas as pessoas que têm parentes que morreram. Espero que, depois dessa desgraça toda, a gente possa ressurgir com um pouco mais de humanismo", concluiu

Para fugir da crise, MRV cria condições especiais para venda de imóveis durante enfrentamento do coronavírus

GIRO ECONÔMICO

A MRV vem adotando algumas medidas para ajudar o consumidor a realizar seu sonho da casa própria. Até o fim de maio, a empresa oferece condições únicas de compra para diversos imóveis, espalhados por todo o país. Além do benefício da postergação da Caixa Econômica Federal de 180 dias para o início do pagamento das parcelas, a MRV oferece descontos exclusivos de até R$ 20 mil e seguro bonificado. 

Todo o processo da compra é feito sem que o cliente precise sair de casa, de forma totalmente online, através da plataforma digital da empresa. Dado o cenário atual de inseguranças econômicas mundo afora, a empresa entende que seu papel de agente transformador para a realização de sonhos é, mais do que nunca, de extrema importância.

“Ter seu próprio lar e conseguir ficar em casa é questão de saúde pública. Entendemos que é nossa função oferecer as melhores condições para que os brasileiros possam realizar seu sonho da casa própria nesse momento, e esse é o objetivo da campanha Compra Certa MRV”, diz Rodrigo Resende, diretor de Marketing e Novos Negócios da MRV. 

Pregão eletrônico - O Ministério Público Federal e o Ministério Público no Maranhão encaminharam ofícios a gestores municipais recomendando que utilizem, obrigatoriamente, pregão eletrônico em contratatos com uso de verba federal para combate do covid-19. Receberam a notificação, os prefeitos de Açailândia, Buritirana, Campestre do Maranhão, Cidelândia, Itinga do Maranhão, João Lisboa, Lajeado Novo, Montes Altos, Porto Franco, Ribamar Fiquene, São Francisco do Brejão, São João do Paraíso, Senador de La Rocque e Sítio Novo. 

Home office - Passados dois meses do isolamentos social, tudo indica que muitos profissionais ainda terão algumas semanas pela frente de nova rotina de trabalho com serviços home office, portanto vale seguir as dicas do psicólogo Daniel Pinheiro, do Serviço Social de Aprendizagem Comercial (Senac): este tipo de atividade. “estabeça horários específicos, até porque a rotina de casa acaba tirando o foco do trabalho, em ambiente organizado e propício para realizar nossas atividades com computador e demais equipamentos necessários”. 

Apesar do isolamento social, o Tribunal de Contas do Estado vem
mantendo sua agenda de trabalho, com reuniões remotas para julgamento
de processos, segundo informação do seu presidente, Nonato Lago (C),
no registro com o presidente da Fedrção dos Municípios, Erlânio Xavier,
e seu vice, Erick Costa (E)
Limite bloqueado - Apesar da decisão do prefeito de Teresina, Antônio Firmino, de dificultar a travessia do rio Parnaíba por maranhenses que se dirigem à capital piauiense, o prefeito de Timon, Luciano Leitoa, não tomou medida recíproca à altura, ou seja, o trânsito inverso continua livre.

Tribunal de Contas - Apesar das medidas governamentais para que houvesse suspensão dos serviços presenciais durante o período de isolamento social, o Tribunal de Contas do Estado (TCE), segundo seu presidente, Nonato Lago, vem mantendo as atividades normalmente em caráter remoto, com reuniões plenárias e das câmaras, analisando assim todos os processos. Apenas os prazo judiciais, no âmbito da Corte de Contas foram suspensos até junho. Ele acredita que em menos de dois meses tudo volte ao normal.

Corretores de imóveis - A MRV, na contramão da crise, está com inscrições abertas até esta sexta-feira (22) para credenciamento de corretores autônomos em São Luís. O objetivo é reforçar sua equipe na cidade com foco nos novos condomínios que serão lançados pela companhia. Os candidatos devem ter ensino médio completo ou superior, experiência nas áreas de vendas, promoção, telemarketing e/ou afins, e habilidade em informática. Em contrapartida, a construtora oferece comissão, flexibilidade de horário, premiação, treinamento etc. 

20 de mai. de 2020

Psicólogo do Senac orienta sobre como manter a rotina de trabalho em home office durante isolamento social

Passados mais de dois meses do isolamento social, adotado como estratégia de combate à pandemia do Covid-19, que obrigou a suspensão de atendimento presencial em empresas e repartições públicas, tudo indica que muitas empresas ainda serão obrigadas por mais algumas semanas a seguir com a metodologia de uma nova rotina de trabalho: o home office.

Para tornar o teletrabalho mais produtivo e funcional, o psicólogo e coordenador do Núcleo de Desenvolvimento de Pessoas do Senac no Maranhão, Daniel Pinheiro, dá algumas dicas sobre este tipo de atividade:

"É importante primeiro estabelecer horários específicos, até porque a rotina de casa acaba tirando o foco do trabalho, então a recomendação é estabelecer um horário de trabalho dentro da nossa casa, em um ambiente organizado e propício para realizar nossas atividades com um computador e todos os equipamentos necessários para as demandas de trabalho”, destacou Daniel Pinheiro.

Ex-presidente Lula agradece à natureza pela criação do coronavírus, que já matou mais de 17,9 mil brasileiros, e Bolsonaro manda esquerdista tomar tubaína

Lula: Ainda bem que monstro do coronavírus veio para demonstrar ...
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o ex-presidente Lula (PT) se expressaram de maneira inadequada nesta terça-feira sobre a pandemia de coronavírus no dita em que o Brasil passou de mil mortes diárias por covid-19. Simpatizantes de ambos se esforçam para saber quem foi mais grosseiro em suas falas num momento tão dramático na vida dos brasileiros, que se veem ameaçados por uma infecção ameaçadora.

Em live da Carta Capital, o ex-presidente petista comemorou a chegada do vírus ao Brasil. Disse ele: “Ainda bem que a natureza criou esse monstro chamado coronavírus para que as pessoas percebam que apenas o Estado é capaz de dar a solução, somente o Estado pode resolver isso”, disse Lula,

Leia mais
Lula pede desculpas por comemorar a chegada do coronavírus ao Brasil, onde já matou mais de 18 mil pessoas

Coronavírus: Secretários de Fazenda pedem a Bolsonaro sanção ...
Já o presidente Jair Bolsonaro, ao anunciar o lançamento de um protocolo para tratamento de coronavírus com cloroquina, chegou a acirrar o debate em torno do medicamento. "Quem for de direita toma cloroquina, quem for de esquerda toma tubaína", disse o presidente, que ainda na noite desta terça postou nas redes sociais uma mensagem na qual lamenta as mortes em decorrência da covid-19 e fala em "dias difíceis".