7 de mai. de 2020

CDL realiza live nesta sexta-feira com o psicólogo Jadson Ramos sobre como minimizar efeitos da pandemia

GIRO ECONÔMICO

Com o agravamento da pandemia de coronavírus e anúncio de medidas de restrição total ao comércio (lockdown) em São Luís, muitos empresários do comércio, além de profissionais em geral, estão cada dia mais preocupados com o futuro e com altíssimos níveis de stress e ansiedade também pelo medo de contrair o Covid19.

Visando a manter as pessoas com maior equilíbrio emocional, a CDL São Luís vem mantendo uma agenda de lives, com entrevistas e palestras feitas junto a especialistas de diferentes setores, sendo que a próxima terá o emocional coo foco.  Nesta sexta-feira (08), a partir das 11h, o psicólogo Jadson Ramos vai debater o tema  “Como Minimizar os Impactos da Pandemia na Saúde Mental”. 

Jadson Ramos é Oficial de Saúde da Polícia Militar do MA e Mestrando em Psicologia pela UFMA e vai orientar as pessoas além de responder perguntas dos seguidores. Para conferir as dicas e orientações que serão dadas pelo  basta acessar o instagram da entidade e acompanhar ao vivo no Stories: @cdlsaoluis.

Vendas de motos - São Luís é uma das capitais brasileiras onde o comércio de motocicletas é mais aquecido no país, mas padeceu em abril, que registrou o pior desempenho em vendas de veículos do Maranhão. De acordo com o diretor comercial da Alvorada Motos, concessionária Honda e maior empresa no ramo de duas rodas no estado, a queda era previsível. No início de abril, ele anunciou vendas inexpressivas em maio. De fato: foram apenas dez unidades.

Banco do Brasil - O Banco do Brasil divulgou nesta quinta-feira (07), um lucro líquido ajustado de R$ 3,4 bilhões para o primeiro trimestre de 2020, o que representou um RSPL de 12,5%. Em virtude do cenário desafiador para todo o sistema, o resultado do trimestre foi impactado pela antecipação prudencial que resultou no reforço de provisões em R$ 2,0 bilhões. Apesar da queda do lucro, a geração de negócios permaneceu forte, evidenciada pelo crescimento de 15,4% do resultado estrutural na comparação com o 1º. trimestre do ano passado.

Apesar das medidas restritivas para evitar a circulação de pessoas como
medidas para conter o covid-19, diversas pessoas saíram de suas casas
para fazer compras no Assaí, que inaugurou sua primeira loja em São Luís
Aumento do eCommerce - O mercado e os hábitos de consumo estão sendo muito impactados pela pandemia da Covid-19. Apesar disso, há setores que têm se beneficiado, como é o caso do comércio eletrônico. Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), na primeira quinzena de março houve um aumento de cerca de 35% nas compras on-line, se comparado com o mesmo período de 2019.

Parcelamento do FGTS - O Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) ajustou as normas de parcelamentos de débitos de empresas, devido aos efeitos econômicos da pandemia da covid-19. A resolução nº 961 foi publicada hoje (7) no Diário Oficial da União. Segundo o documento, as parcelas com vencimento entre os meses de março e agosto de 2020 eventualmente inadimplidas [descumpridas] não implicarão na rescisão automática do contrato de parcelamento. Ou seja, as empresas terão até seis meses a mais para recolher o FGTS em atraso.

Redução do juro - A decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) de reduzir para 3% ao ano a taxa básica de juros, com o corte de 0,75 ponto percentual, é apoiada pelas entidades do setor industrial do país. Em nota, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) apontou como positiva a redução da taxa Selic. Para a entidade, novos cortes podem ser necessários por causa de incertezas que podem influenciar a decisão do Copom nas próximas reuniões. Os principais riscos na visão da CNI são a duração das medidas de isolamento social e os impactos negativos sobre a atividade econômica e o emprego.

Nenhum comentário: