28 de mai. de 2020

Deputado sugere cardápio online para aumentar a distância entre clientes e garçons nos restaurantes

Cardápio Digital Online Interativo - Pizzaria Delivery no Elo7 ...
GIRO ECONÔMICO

O deputado estadual Dr. Yglésio, por meio de Indicação, sugeriu uma medida que, segundo ele, contribuirá para diminuir a possibilidade de contaminação em ambientes de grande circulação de pessoas. Consiste na utilização de QR-Codes por bares e restaurantes, para que os consumidores tenham acesso online a cardápios, menus e demais itens correlacionados.

“A utilização da tecnologia neste momento de retomada das atividades econômicas é essencial para diminuirmos a contaminação, que pode ocorrer também entre consumidores e funcionários desses estabelecimentos”, argumentou o deputado.

A tecnologia pode ser uma grande aliada na retomada das atividades, conforme o deputado, pois aplicativos de transporte, delivery de comida e demais serviços também podem contribuir para que as pessoas precisem sair menos de casa e, assim, consigam evitar uma segunda onda de contaminação por Covid-19 no estado, principalmente em São Luís, que é o epicentro da pandemia no Maranhão.

Doação de alimentos - O Congresso Nacional destinou R$ 10,1 milhões para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), programa compra a produção de pequenas propriedades da agricultura familiar, por meio de emendas parlamentares, para aquisição de alimentos a serem destinados a escolas públicas, abrigos, restaurantes populares e instituições que realizam trabalhos sociais, por meio de chamada pública da Conab. No total, os parlamentares fizeram 21 emendas destinando o recurso para estados ou municípios. A estimativa é que os R$ 10 milhões comprem alimentos de 1,3 mil agricultores familiares. O alimento deve ser direcionado para cerca de 350 entidades.

Energia solar - O Brasil atingiu a marca de 300 mil unidades consumidoras de energia solar na geração distribuída, conforme informa a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar). São 2,8 gigawatts de potência instalada da fonte solar na microgeração e minigeração distribuída. A energia fotovoltaica representa 99,8% de todas as conexões distribuídas, com mais de R$ 14,6 bilhões em investimentos acumulados desde 2012, espalhados pelas cinco regiões nacionais. O Brasil, no entanto, continua com um mercado ainda muito pequeno, já que possui 84,4 milhões de consumidores de energia elétrica e apenas 0,4% faz uso do sol para produzir eletricidade.

Cristiano Fernandes quer mais interlocução do empresariado com ...
Cristiano Fernandes, no registro com o vice-governador Carlos Brandão,
reivindica do Governo do Estado uma maior transparência sobre a 
reabertura do comércio de São Luís, a partir do mês de junho. Leia mais:
Associação Comercial cobra mais clareza do Governo do Estado sobre 
Abertura no sábado - A Caixa Econômica vai abrir, neste sábado (30), de 08h ao meio-dia, 36 agências no Maranhão para atendimento aos beneficiários do Auxílio Emergencial que receberam a primeira parcela até 30 de abril, nascidos em janeiro e que queiram fazer o saque em espécie do benefício. A partir desta data, também será possível a transferência do benefício para contas da Caixa ou de outros bancos. Em todo o país serão 2.213 unidades abertas.

Crédito do BNB - O Banco do Nordeste vai disponibilizar condições diferenciadas aos maranhenses para financiamentos e renegociações de dívidas. A linha de crédito especial FNE Emergencial do Banco do Nordeste vai dispor R$ 3 bilhões do Fundo Constitucional de Financiamento da região. O recurso atenderá os setores produtivos industrial, comercial e de serviços. Pessoas físicas e jurídicas podem acessar o crédito, bem como cooperativas que desenvolvam atividades produtivas não rurais. A taxa de juros será equivalente a 0,21% ao mês, além de condições especiais de carência e prazos para pagamento. 

Transporte de cargas - A Pesquisa de Impacto do Coronavírus no TRC mostra a persistência dos efeitos negativos da pandemia da covid-19 sobre o modal rodoviário de cargas. Entre 18 e 24 de maio, a demanda geral pelo serviço retraiu 41,28%, tendo como parâmetros as estimativas anteriores à crise sanitária. O volume oscilou, negativamente, também para carga fracionada (-41,34%) e para carga lotação (-41,27%). No período analisado, 94% das empresas ouvidas registraram queda no faturamento – pior número da série iniciada em 16 de março. Os dados são colhidos e analisados pelo Departamento de Custos Operacionais, da NTC&Logística (Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística).

Nenhum comentário: