12 de jun. de 2020

Carla Zambelli diz que há muito dinheiro sendo desviado da saúde por governadores de oposição a Jair Bolsonaro

Carla Zambelli autentica PEC que reduz salários de servidoresA deputada federal por São Paulo Carla Zambelli (sem partido), acusada de ter antecipado a operação da Polícia Federal no Rio de Janeiro para investigar contratos com verbas da Saúde, disse, nesta quinta-reira (11), que há muito desvio de dinheiro que seria para combater coronavírus em estados governados por adversários de Jair Bolsonaro, mas não citou nenhum deles.

Ela fez a menção ao rebater as insinuações do presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de que ela tem informação privilegiada ou então tem bola de cristal.

"Eu não sabia das operações específicas. Só sabia que há muito dinheiro público envolvido em vários Estados, principalmente nos que fazem oposição ao presidente. Estou disposta a entregar meu celular e abrir meu sigilo. Pode abrir para ver que eu não tenho essas informações", escreveu a parlamentar.

Com relação à capacidade de prever o futuro, escreveu:

"Sobre a “bola de cristal”, isso se chama assistir aos jornais e acompanhar os gastos públicos. São os bilhões e bilhões que eu sei que foram enviados aos Estados".

Zambelli questionou ainda uma declaração de Rodrigo Maia, segundo a qual, é como a PF informar ao ministro da Justiça e ao presidente da República suas operações:

"Muito mais grave do que a possibilidade de eu estar antecipando operações, o que eu não fiz, é o Maia dizer que é “natural” a PF adiantar para o Ministro da Justiça e para o Presidente esse tipo de informação".

Nenhum comentário: