16 de jun. de 2020

Senac cria novos protocolos para orientação de empresas que estão se preparando para retomar suas atividades

Institucional | SENAC/MA
GIRO ECONÔMICO

O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) está se programando visando à realização de diversas ações para fortalecer a reabertura do comércio em todo o Maranhão, considerando as nova regras e formas de funcionamento dessas atividades. Um dos objetivos da Instituição é preparar as equipes de trabalho para essa nova realidade, capacitando os funcionários das empresas do comércio de bens, serviços e turismo, com orientações técnicas e protocolos que possibilitem aos mesmos, a realização de tarefas com segurança e riscos mínimos, tanto para eles, quanto para os clientes. 

“É hora de restabelecer a relação de confiança entre empresas e consumidores, através da oferta de serviços de qualidade baseados em conhecimentos e comportamentos adotados em conformidade com órgãos e autoridades em saúde de âmbito mundial e nacional”, destacou o Diretor Regional do Senac no Maranhão, Ahirton Lopes.

A iniciativa prevê a doação de 6 mil máscaras de proteção e uso individual, produzidas em tecido, nos laboratórios de modelagem do Senac em São Luís, Imperatriz, Bacabal, Santa Inês e Timon. Outra ação é a oferta de cursos voltada para empresas, com base no Programa Senac Comércio.

Sistema S  - A Câmara Federal analisa nesta terça-feira (15) a Medida Provisória 932/20, que reduz, neste período de pandemia, as contribuições devidas pelas empresas para financiar o Sistema S. A MP determina o corte de 50% nos meses de abril, maio e junho e alcança as contribuições cobradas pelas seguintes entidades: Sescoop (setor de cooperativas), Sesi e Senai (indústria), Sesc e Senac (comércio), Sest e Senat (transporte) e Senar (rural). O relator, deputado Hugo Leal (PSD-RJ), sugere um corte de, no máxio, 25%. 

Vacinação - O Serviço Social da Indústria do Maranhão (Sesi-MA), órgão do Sistema Federação das Indústrias (Fiema), está desenvolvendo levando serviço de vacinação a empresas. Semana passada, duas grandes indústrias foram atendidas em São Luís, a Cimento Bravo e a Moinhos Cruzeiro do Sul e outras, que ainda enfrentam dificuldades pelas medidas restritivas por conta da pandemia de coronavírus, serão atendidas posteriormente. Os serviços estão sendo prestados também nos municípios de Caxias e Imperatriz. 

Técnicos das secretarias da Agricultura, Pecuária e Pesca
do Maranhão (Sagrima) e da Saúde (SES) estão intensificando
 ações de Boas Práticas de Segurança Alimentar nos mercados
públicos e Central de Abastecimento (Ceasa) a fim de garantir
fornecimento de alimentos com mais qualidade
Fundo de Participação - Estimativa da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) estima que o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) previsto na Lei Orçamentária Anual (LOA) em R$ 115,1 bilhões, por conta da pandemia de coronavírus, deve cair para 104,5 bilhões. 

Rodovias - Especialistas ouvidos pela coluna opinam que após a concessão das BRs 135 e 316, em 2022, pela lógica, serão montadas praças de pedágio, em São Luís (na Estiva, bem na entrada e saída da Ilha); Miranda do Norte e Caxuxa, isso na BR 135. Já a BR 316, teria praças de Caxuxa, Santa Inês e na divisa com o Pará. Essas posições permitiriam que a circulação continuasse gratuita na maioria das rodovias, havendo cobrança apenas quando caísse nas vias levam às capitais São Luís (MA), Teresina (PI) e Belém (PA). 

Cestas básicas - A empresa de jogos eletrônicos WPE-WP Entertenamaint fez a doação, quarta-feira (10), de cestas básicas para duas entidades filantrópicas de São Luís, a Associação dos Amigos e Excepcionais de São Luís (Apae) e a Fundação Antonio Dino, mantenedora do Hospital Aldenora Bello. A arrecadação dos mantimentos foi feita durante o WPnet, torneio on-line de League Of Legends, de caráter beneficente, de 02 a 31 de maio. No total, o evento arrecadou mais de três toneladas de alimentos não perecíveis.

Nenhum comentário: