10 de jun. de 2020

Sesi realiza testagem rápida nas empresas para garantir proteção contra o covid-19 a trabalhadores e clientes

GIRO ECONÔMICO

Buscando mais segurança para os trabalhadores da indústria e a evitar a propagação de coronavírus, o Serviço Social da Indústria (Sesi), órgão vinculado ao Sistema Federação das Indústrias (Sesi) lançou Programa Sesi +Diagnóstico Covid-19, pelo qual oferece às empresas industriais testes rápidos para detectar casos de coronavírus. O atendimento inclui, ainda, teleconsulta, acompanhamento e monitoramento dos trabalhadores, com condições especiais para retestagem, além de um relatório completo para a empresa.

Leia mais
Sesi lança serviço para testagem de coronavírus nas empresas do setor industrial

O serviço é pago, exclusivo para pessoa jurídica, e tem preços com desconto para empresas do setor industrial. “O serviço foi iniciado na semana passada para indústrias da construção pesada e da construção civil, em São Luís, mas a previsão é atendermos também indústrias e empresas interessadas nas cidades de Caxias e Imperatriz, através das unidades móveis do SESI”, afirmou Diogo Lima, superintendente regional do Sesi.

O diferencial do programa é que não é apenas o teste rápido, pois há acompanhamento e monitoramento do trabalhador para o retorno às atividades, inclusive com teleconsulta com o médico do trabalho, caso a empresa não tenha esse serviço, assim como é feito um relatório detalhado para a empresa. 

Exposições prejudicadas - Pelo menos cinco exposições agropecuárias, que são realizadas todos os anos no Maranhão, já foram canceladas, quatro estão adiadas e três com realizações indefinidas: Foram canceladas: Agrobalsas, Exposertão, Expofran, Expoaçailândia e Expochapadinha; foram Expocodó, para setembro; Expoagra e Expoimp, para outubro; e Agroshow, Itinga e Expocapril, para novembro. Ainda estão com realização idenfinida, Exporparnarama, Agrofeira (Bacabal), Agroloreto e Expoema (São Luís). 

Colheita agrícola - A nova estimativa da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) sobre a safra de grãos no Maranhão, divulgada nesta segunda-feira (09), indica que haverá este ano um aumento de 12,3% na comparação com a colheita de 2019. Serão 5,565 milhões de toneladas contra 4,956 milhões da anterior. De acordo com a estatal, a área plantada, que era de 1,572 milhão de hectares, aumentou para 1,619 milhão. Houve aumento também da produtividade, que passou de 3.152 para 3.456 quilos por hectare.

Leia mais:
Milho é o principal destaque em 2020 da safra agrícola no Maranhão, segundo dados da Conab

Thaiza Hortegal recebe alta de hospital
A deputada estadual e médica Thaiza Hortegal recebeu alta
nesta segunda-feira (8), em São Luís. Ela passou 18 dias
internada no Hospital Sçao Domingos, tratando-se de coronovairus.
No registro, com os filhos e o marido, Luciano Genésio,
prefeito de Pinheiro
Distanciamento social - A Associação Comercial (ACM), CDL de São Luís (CDL), Federação dos Lojistas (FCDL) e Federação do Comércio (Fecomércio) fizeram um apelo à população de São Luís para o cumprimento das medidas de distanciamento social e protocolos de segurança sanitária contra coronavírus, pois, “se não houver o engajamento da sociedade na direção do cumprimento dessas medidas sanitárias será observada a volta do crescimento de casos de COVID-19 e haverá nova paralisação do comércio”.

Leia mais
Entidades empresariais apelam à população para seguir normas de saúde e evite novo isolamento


Feriado desta quinta - Como as empresas ainda enfrentam as dificuldades das medidas restritivas por conta da pandemia de coronavírus, pouco efeito fará, mas esta quinta-feira (11) é feriado de Corpus Cristh, portanto não haverá expediente nas poucas repartições que estão abrindo e nos bancos. Quanto ao comércio, como a Câmara Municipal decretou, em 1987, que não é feriado, abre quem quiser, sem pagar hora extra aos empregados.

Alimentação de cabritos - Pesquisa da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Cocais), Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) e Instituto Federal de educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) – unidade do Maracanã – avaliou como positivo o desempenho, a qualidade e o perfil de ácidos graxos da carne de cabritos, em confinamento, alimentados com níveis de torta de babaçu na dieta. O estudo fez parte da dissertação de mestrado da professora Thamys Oliveira.

Leia mais
Estudo do IFMA Maracanã mostra benefícios da torta de babaçu no alimento de caprinos

Nenhum comentário: