13 de jul. de 2020

Após criticar Exército, Gilmar Mendes posta homenagem às Forças Armadas, mas não aprova militares na Saúde

Após criar uma nova crise institucional pelas críticas feitas sábado (11) ao Exército Brasileiro, que, segundo ele, estaria compactuando com o genocídio do coronavírus, já que um de seus membros é ministro da Saúde, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes postou nesta segunda-feira (13) uma mensagem de admiração às Forças Armadas. 

Leia mais
Ministério da Defesa e forças armadas classificam irresponsável crítica de Gilmar Mendes a Exército

Numa segunda postagem, disse que não se furtará de criticar o Exército por um dos seus membros ocupar o Ministério da Saúde.

Leia as duas postagens em sua conta no Twitter:

No aniversário do projeto que leva o nome de Rondon, grande brasileiro notabilizado pela defesa dos povos indígenas, registro meu absoluto respeito e admiração pelas Forças Armadas Brasileiras e a sua fidelidade aos principios democráticos da Carta de 88.

Não me furto, porém, a criticar a opção de ocupar o Ministério da Saúde predominantemente com militares. A política pública de saúde deve ser pensada e planejada por especialistas, dentro dos marcos constitucionais. Que isso seja revisto, para o bem das FAs e da saúde do Brasil.

Nenhum comentário: