8 de jul. de 2020

Em videoconferência sobre obras inacabadas, presidente da Fiema cobra participação do Legislativo nos debates

Blog do Neto Weba: Presidente da Fiema defende parcerias para ...GIRO ECONÔMICO

Ao participar, segunda-feira (06), por vídeo conferência, do debate “O labirinto das obras pública”, em que foi analisado a situação das obras inacabadas no Maranhão, o presidente da Federação das Indústrias (Fiema), Edilson Baldez, sugeriu uma mudança na legislação e pediu que o parlamento participe mais dessas discussões. O Maranhão foi o segundo estado a receber o ciclo de debates, que é uma promoção da Comissão de Infraestrutura (Coinfra) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). 

Além de Baldez, participaram do debate o presidentes do Tribunal de Justiça, Lourival Serejo; o vice-presidente do Tribunal de Constas (TCE-MA), Washington Oliveira; o presidente da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), Ted Lago, e os secretários estaduais de Infraestrutura, Clayton Noleto, e da Educação, Felipe Camarão.

Segundo Edilson Baldez, “temos que trazer o legislativo para o debate, que precisa se debruçar no assunto para aprimorar essa legislação sobre os contratos. Vamos dialogar, debater e descobrir em que podemos melhorar esse processo para facilitar o desenvolvimento via desburocratização”. 

Protocolo a lojistas - A Câmara de Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL) continua reforçando suas ações de suporte às empresas associadas que retornaram às atividades após vários meses fechadas em cumprimento ao isolamento social, com uma série de visitas aos centros comerciais da capital maranhense para reforçar as orientações aos lojistas sobre a importância do cumprimento dos protocolos sanitários. O presidente Fábio Ribeiro destaca a ação da entidade: “Precisamos de ações governamentais de fiscalização e também do empenho dos lojistas”. 

Representantes da Federação das Indústrias, do Senai e da Prefeitura de
Caxias reunidos para entrega de dois respiradores recondicionados para
serem usados nas ações contra coronavírus
Estimativa na agricultura - O décimo levantamento da safra agrícola 2020/21, divulgado nesta quarta-feira (08) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), confirma um aumento de 12,2% na colheita de grãos no Maranhão, cuja safra está estimada em 5,561 milhões de toneladas, cerca de 600 mil a mais do que a anterior. O bom desempenho se deve ao aumento de 2,1 % da área plantada, que passou de 1,572 milhão para 1,662 milhão de hectares e da produtividade, que era de 3.152 quilos e 3.465 quilos por hectare. 

Atendimento na ACM - A Associação Comercial do Maranhão, após mais de cem dias com seu atendimento presencial suspenso, como forma de conter a transmissão do novo coronavírus (Covid-19), retomou suas atividades na última segunda-feira, com regime de horário diferenciado, das 8h às 14, de segunda a sexta-feira. 

Obras do Senac - A JB Construções e Incorporações já iniciou os preparativos para iniciar as obras de construção do Centro de Formação Profissional do Senac nas cidade de Açailândia. Segundo o sócio Jamil Maluf, a empresa já iniciou o planejamento das atividades. "Primeiro, nós solicitamos o alvará de construção, em seguida vamos iniciar o processo de contratações de funcionários deve ser de, em média, 90% de pessoas de Açailândia, da região e depois vamos iniciar a preparação do canteiro de obras”. 

Nenhum comentário: