31 de jul. de 2020

Passados quase seis anos, as estatísticas do Governo do Estado ainda são feitas tendo como referência 2014

Chame-se isto do que quiserem chamar, mas é impressionante como decorridos quase seis anos da primeira eleição, para governador do Maranhão, de Flávio Dino (PCdoB), que já caminha para metade do seu segundo mandato, as estatísticas do Governo do Estado ainda são feitas tendo como referência 2014, ou seja, ninguém consegue saber o que ocorreu em 2015, 2016, 2017, 2018 e 2019, pois em algumas pastas tudo é comparado com o último ano do último governo de Roseana Sarney (MDB).

Nesta quinta-feira (30), a Secretaria de Comunicação e Assuntos Políticos (Secap) soltou mais uma dessas pérolas, ao noticiar algumas conquistas no campo econômico.

"Recentemente foram divulgados os dados da primeira edição do Boletim Empresarial, lançado pela Junta Comercial do Maranhão (Jucema), autarquia vinculada à Seinc.

Segundo o boletim, o Maranhão alcançou a marca de 270.056 empresas ativas – um crescimento de 115% em relação a 2014 – apontando ainda que, mesmo em período de pandemia, 7.224 novos negócios foram abertos em todo o Estado, entre abril e junho de 2020", diz o texto da Secap.

Ainda de acordo com a nitícia, o Estado apresentou balanço positivo na abertura de empresas entre os meses janeiro e junho de 2020: foram 17.607 durante o primeiro semestre de 2020.

Nenhum comentário: