23 de jul. de 2020

São Luís apresenta queda em novos casos de infecção, mas mortes estão aumentando diz levantamento da Veja

A fim de tentar esclarecer seus leitores sobre os impactos do relaxamento pós isolamento social para contenção do covid-19, a revista Veja analisou as curvas de contágio e mortes em cinco capitais brasileiras que foram fortemente atingidas pelo novo coronavírus logo no início da pandemia, em diferentes regiões do país: Belém (PA), São Luís (MA), Fortaleza (CE), São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ).

Apesar das diferentes estratégias de distanciamento social nesses lugares, todos iniciaram o plano de reabertura da economia no começo de junho. Em São Luís, segundo a Secretaria Estadual de Saúde, foram registradas 103 novas ocorrências nesta quarta-feira (22), e no estado são mais de 109 mil testagens positivas, 94,4 mil recuperados e mais de 2,8 mil vidas perdidas.

Leia mais
Maranhão registra nesta quarta-feira a marca de mais de 2,8 mil vidas perdidas para o covid-19


Eis a conclusão a que chegou, a publicação, sobre a capital maranhense: 

São Luís apresenta uma oscilação da curva ainda maior do que São Paulo após o início da flexibilização. Os números, na comparação com o período de lockdown, caíram pela metade nos casos, mas se mantiveram no mesmo patamar nas mortes.

Se compararmos a média móvel de São Luís desta quarta-feira, 22, com a registrada no dia 18 de maio, quando chegou ao fim o lockdown de duas semanas, vemos que houve queda tanto nas mortes quanto nos casos de coronavírus. Por outro lado, em comparação com os dados de 1º de junho, os casos permanecem em queda, mas as mortes subiram.

Nenhum comentário: