24 de jul. de 2020

Secretaria de Turismo abre inscrições para cursos a distância para agências de viagens, hotéis e restaurantes

Secretaria de Turismo aumenta o número de vagas para cursos à ...
GIRO ECONÔMICO

A Secretaria de Estado do Turismo do Maranhão (Setur-MA), por meio da Superintendência de Qualificação Profissional, abre nesta sexta-feira (24), as inscrições para a segunda turma dos cursos livres na modalidade a distância (EAD). O novo ciclo será anunciado em live pelo secretário estadual de Turismo, Catulé Júnior, a partir das 17h, no instagram @seturmaranhao.

As inscrições podem ser realizadas até o dia 29 de julho, exclusivamente pelo site www.maisqualificaturismoead.com.br. Os cursos são Boas Práticas para Manipulação de Alimentos, Estratégias de Atendimento no Turismo, Vendas Inteligentes para Artesãos. Todos estes com carga horária de 20 horas, e Vendas Inteligentes para Bares e Restaurantes, com carga horária de 16 horas,
 Para concorrer a uma vaga, o candidato terá que realizar sua pré-inscrição, bastando acessar o link “Inscrição”, em seguida clicar na opção e preencher todos os campos obrigatórios apresentados no formulário de inscrição.

A divulgação do resultado será no dia 1° de agosto e a convocação dos candidatos selecionados acontecerá de 2 a 4 de agosto. O início das aulas está marcado para o dia 5 de agosto e o término no dia 20 do mesmo mês.


Imposto e saneamento - De janeiro a junho deste ano, a Vale recolheu R$ 47,2 mil de ISS (Imposto Sobre Serviços) ao município de Santa Rita. A empresa também dá apoio a ações que gerem qualidade de vida à população dos 24 municípios vizinhos à Estrada de Ferro Carajás (EFC). No ano passado, a Vila Bahia, do bairro Gonçalo, ganhou a instalação de um sistema simplificado de abastecimento de água, beneficiando cerca de 1.400 pessoas. Entre os anos de 2017 a 2019, investiu também em capacitação profissional a comunidades como Centrinho e Cai Coco.

Patrulha agrícola - Produtores rurais de São João do Paraíso contam agora com moderna patrulha agrícola, composta por trator, grade aradora, e carreta. O equipamento foi adquirido pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Paranaíba (Codevasf) com recursos federais originários de emenda parlamentar individual do deputado Hildo Rocha, a pedido do ex-prefeito Zé Aldo e do Dr. Thiago. Hildo Rocha ressaltou que a conquista dos agricultores de São João do Paraíso significa mudança de vida porque agora eles tem meios para melhorar a produção e a produtividade.

O reitor da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), Gustavo
Costa, declarou apoio ao pré-candidato a prefeito de São Luís,
Duarte Jr (Republicanos). O reitor já está em seu segundo mandato
e foi reeleito com mais de 80% dos votos da comunidade universitária.
Retomada da economia - Reportagem publicada no site da revista Veja mostra que retomada gradual das atividades em cinco capitais não aumentou os casos de coronavírus nessas cidades. Entre elas, está São Luís. As demais capitais são Belém (PA), Fortaleza (CE), São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ). De acordo com a Veja, todas essas cidades iniciaram a retomada no começo do mês de junho.  “Um mês e meio após a flexibilização, o número de casos continuou a cair em todas essas capitais, apesar das pequenas oscilações no meio do caminho”, diz a reportagem.

Aumento do cimento - De março a julho, em meio à pandemia do novo coronavírus, construtoras de todo o país tiveram aumento no preço de materiais de construção. Dos itens consultados, o cimento foi o que teve mais aumento: 95% das empresas identificaram alteração nos valores cobrados. Os números foram revelados por uma pesquisa da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). O levantamento ouviu 462 empresas em 25 estados das cinco regiões do país entre os dias 16 e 21 de julho.

Pausa nas prestações - A Caixa Econômica disponibiliza, a partir da próxima segunda-feira (27), a possibilidade de ampliação da pausa nas prestações dos créditos habitacionais do Programa Minha Casa Minha Vida (Faixas 1,5, 2 e 3) e do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimos (SBPE) para um período de até 180 dias. Os clientes pessoas física e jurídica que já tiveram a pausa temporária de 120 dias concluída poderão prorrogar o prazo por mais 60 dias. Quem ainda não optou por essa alternativa também poderá solicitar a pausa de 180 dias.


Nenhum comentário: