27 de ago. de 2020

Alguma coisa está errada: pelo Inquérito Sorológico contratado pelo Governo do Estado, o Maranhão teria mais de 75% dos infectados por covid-19 no Brasil

Os números divulgados terça-feira (25), pelo Governo do Estado, sobre o Inquérito Sorológico, realizado pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), causou uma inquietação no meio médico e científico e poderia suscitar um debate a nível mundial, já que se tornariam merecedores de uma investigação da Organização Mundial de Saúde (OMS). O estudo estima que o número de infecção por covid-19 no Maranhão seja superior a 2,8 milhões de pessoas, o que corresponderia a mais de 40% da população.

Entretanto, de acordo com os números divulgados pelo Ministério da Saúde nesta quarta-feira (26), o Brasil teria atingido 117.666 mortes e 3.717.156 de casos acumulados de covid-19. 

Leia mais

A serem verdadeiras ambas as informações, isto significa dizer que nas demais 26 unidades federativas houve cerca de 900 mil infectados, desde o inicio da pandemia, pois o Maranhão, sozinho, tem mais de 75,6% do país. 

Para complicar mais ainda, no boletim desta quarta-feira (26), a Secretaria Estadual da Saúde informa que seriam  "apenas"147,676 os infectados no Maranhão.


Imagem

Nenhum comentário: