2 de ago. de 2020

Mulheres se afastam da disputa pela Prefeitura de São Luís, e apenas Detinha concorre à sucessão de Holandinha

Somente agora em agosto serão definidas as candidaturas que irão disputar a Prefeitura de São Luís este ano, mas o que se percebe é que as mulheres estão bem distanciadas deste pleito, havendo somente uma pré-candidata posta, a da deputada estadual Detinha (PR), que alguns apostam que desistirá antes mesmo da campanha começar, já que os índices de intenção de voto a seu favor estão muito baixos.

Como faz parte de um projeto mais audacioso do marido, o deputado federal Josimar de Maranhãozinho, há quem acredite que não deixará barato essas desistência, se ela vier.

Leia mais
Com mais de cem candidatos a prefeito, Josimar de Maranhãozinho mira o Palácio dos Leões


Para que se tenha ideia, da mais de uma dezenas das pré-candidaturas lançadas até aqui, todas, com exceção de Detinha, são masculinas. É verdade que a ex-governadora Roseana Sarney (MDB) ainda teve seu nome ensaiado, porém ao que tudo indica não demonstra o menor interesse em estar nos palanques em 2022.

Este isolamento da candidata ocorre num momento em que o debate sobre a participação das mulheres na política é mais cobrado, porém até mesmo quem defende a tese com mais ênfase está apoiando homens nesta eleição, como é o caso da senadora Eliziane Game (Cidadania), a ex-secretária da Mulher Ana do Gás (PCdoB) etc.

Se topar ir até o fim, Detinha será o diferencial neste clube do bolinha em que está se transformando a eleição de São Luís.

Nenhum comentário: