18 de set. de 2020

Lula sempre apoiou candidatos sarneístas no Maranhão, mas Rubens Júnior acha que pode salvar sua campanha

Ex-presidente Lula é aposta do candidato de Flávio Dino, Rubens Júnior
A aposta do candidato a prefeito de São Luís pelo PCdoB, Rubens Júnior, para cair na graça do eleitorado não é tanto o que pretende fazer pela cidade, tampouco colar seu nome no do governador Flávio Dino, que é do seu partido, mas o milagre que espera ser operado pelo ex-presidente Lula, que esta semana declarou apoio ao seu projeto para suceder Edivaldo Holanda Júnior (PDT). O gesto de Lula, na verdade, obriga Rubens a trabalhar muito mais pela sua candidatura, até porque, a partir de agora, o seu desempenho pode tanto melhorar quanto piorar a imagem do ex-presidente, dependendo para onde for, se para cima ou para baixo.

Vale ressaltar que nem sempre apoio de líderes significa certeza de sucesso, que diga o próprio Lula, que já amargou dissabores com suas escolhas em eleições no Maranhão, onde preferia mais as alianças com sarneístas do que com aproximação com a esquerda.

Antes do seu primeiro triunfo nacional, o apoio de Lula e nada era a mesma coisa para o eleitorado maranhense, mas em 2002, quando viabilizou sua vitória a presidente da República, apoiou José Reinaldo contra Jackson Lago, e ganhou; em 2006, apoiou Roseana Sarney, novamente contra Jackson Lago, e dessa vez perdeu; em 2010, apoiou Roseana Sarney contra Flávio Dino, e ganhou; porém, em 2014, apostou em Lobão Filho contra Flávio Dino e novamente perdeu (assista vídeo aqui). Em 2018, da cadeia, pouco influenciou na eleição de Flávio Dino, que apenas se beneficiou do "Lula Livre" para usar como apelo de campanha.

No momento atual, Lula, apesar de todo apelo para que saísse da cadeia e retomasse a liderança da oposição, não demonstra fôlego para eleger um prefeito de capital. Quem sabe faça a diferença em São Luís. É esperar.


Nenhum comentário: