11 de set. de 2020

Muitos pré-candidatos a prefeito querem apoio do Novo, mas até agora nenhum topou levantar sua bandeira

Diversos pré-candidatos a prefeito de São Luís já tentaram uma aproximação do Novo, partido que este ano vai, pela primeira vez, disputar uma eleição no Maranhão, cuja convenção está marcada para este sábado (12). Apesar de muita conversa, nenhum conseguiu até agora a adesão do partido à sua campanha, e, ao que parece, por medo de sofrer desgaste público levantando as bandeiras liberais da legenda: corte de gastos, diminuição do número de servidores, privatizações, fim do jogo toma-lá-dá-cá e outras práticas contrárias às práticas comuns da política brasileira.

Leia mais
Novo homologa em convenção nove candidatos para vereador na sua primeira eleição em São Luís

O presidente da executiva estadual da legenda, Leonardo Arruda (foto), que acredita na eleição de pelo menos um vereador, garante que o partido não fará oposição ao futuro prefeito, tampouco estará na sua bancada de apoio, pois a postura de um parlamentar do Novo é apoiar todas as iniciativas que sejam benéficas para a população, e rejeitar todas que sejam prejudicias.  

Quando fala em defesa da população, Arruda fala que defender a população significa atuar contra desperdício, contra inchaço da máquina pública, nomeação para atender pressões de partidos, familiares ou amigo, construir obras eleitoreiras etc.

Para ele, quem quiser apoio do Novo tem de rezar nesta cartilha; quem não quiser, pode buscar outros aliados.

Nenhum comentário: