9 de out. de 2020

Construtora MRV contrata mais de 9 mil novos trabalhadores entre janeiro e setembro deste ano

 GIRO ECONÔMICO

De acordo com o último balanço do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), apenas no mês de agosto, o Brasil abriu 249.388 novas vagas de emprego com carteira assinada. Pelo segundo mês seguido, o órgão aponta aumento considerável no número de contratações; do total das vagas, 50.489 são referentes ao setor da construção civil. A MRV, plataforma líder em soluções habitacionais, colaborando com este crescimento, realizou mais de 9 mil contratações desde janeiro de 2020, sendo que somente no mês de setembro, a empresa empregou mais de 1.400 novos profissionais – maior número desde o início do ano.

“Mesmo ainda enfrentando uma crise de saúde pública sem precedentes, nossa movimentação mostra que o setor da construção civil é primordial para a economia do país”, diz Rafael Menin, presidente da MRV. “O Brasil tem, hoje, 13,8% de desempregados, o que significa mais de 13 milhões de habitantes sem ter uma renda, e a geração de empregos do nosso setor faz total diferença nesses números”, acrescenta Menin.

Além de importante agente econômico e principal componente dos investimentos no Brasil, o setor da construção civil tem atuação importante na manutenção dos padrões de saúde pública. “Em um momento em que se faz necessário o isolamento social, ter a sua própria moradia, com conforto e segurança é extremamente essencial”, ressalta Menin.

Mateus comemora ao estilo Mateus - Na IPO (sigla em inglês para Início de Ofertas Públicas) desta quinta-feira (08), o Grupo Mateus levantou R$ 4 bilhões, um dos maiores desempenhos no mercado de ações dos últimos anos. Apesar do sucesso dessa operação, o empresário Ilson Mateus comemorou ao seu jeito, ou seja, trabalhando. Ele embarcou em seu jatinho para preparar a inauguração de uma nova loja na cidade de Marabá, no estado do Pará, ocorrida nesta sexta-feira (09).

Centro Cultural Vale - As inscrições do Edital Ocupa Centro Cultural Vale Maranhão (CCVM) 2020 foram prorrogadas até o dia 17 de outubro de 2020. Artistas e fazedores de cultura, de todo o Brasil, poderão inscrever projetos inéditos dentro das diversas linguagens da arte (pintura, escultura, fotografia, audiovisual, têxtil, música, dança, teatro, performance, site-specific etc). Devem ser contempladas alternativas de veiculação e exibição, considerando as múltiplas possibilidades tecnológicas e virtuais, frente à recente realidade de isolamento social possível. As propostas selecionadas serão exibidas nos espaços do CCVM durante o segundo semestre de 2020 e primeiro semestre de 2021. Cada selecionado irá receber entre R$ 5.000 e R$ 15.000, além de apoio para a produção de sua proposta. A minuta do Edital Ocupa CCVM 2020 e a ficha de inscrição estão disponíveis no site do Centro Cultural Vale Maranhão: www.ccv-ma.org.br.

Incentivo à economia - A Caixa Econômica anunciou nesta sexta-feira (09) um pacote de medidas para estimular a economia e promover a preservação do meio ambiente. Durante visita à Agência-Barco da Caixa Ilha do Marajó, ancorada no município de Breves (PA), o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, ao lado do presidente da República, Jair Bolsonaro, lançou o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf Caixa) e o Caixa Refloresta, que vai financiar projetos de plantio de árvores em todas as regiões do país. O banco fechou ainda parceria inédita com o Ministério da Mulher, Família e Direito Humanos (MMFDH) para que a pasta possa utilizar as dependências das Agências-Barco da CAIXA para levar os serviços de atendimento oferecidos pelo Ministério às mulheres ribeirinhas.


Nenhum comentário: