3 de out. de 2020

PARA VOCÊ MEDITAR

Não há pena que dure cem anos, nem corpo que a resista

(Prevérbio argentino)

Nenhum comentário: