18 de out. de 2020

Todas as bancas retiradas do Renascença estavam com Alvará em dia, ou seja, autorizadas pela Prefeitura

Todas as bancas retiradas de seus locais de funcionamento no bairro do Renascença, sexta-feira (16), estavam com Alvará em dia. Este é o documento expedido pelo poder público municipal que autoriza uma empresa funcionar  seja pela atividade que desempenha seja pelo local em que está estabelecida, logo todas estavam legais, em lugares adequados, e se não estavam é de se perguntar: por que receberam alvará?

A grande pergunta que faz agora ao Ministério Público e à Prefeitura de São Luís é sobre um estacionamento em frente à Universidade Dom Bosco,  na mesma. Trata-se de uma pista auxiliar, mas o estabelecimento de ensino usa para comodidade de seus clientes (alunos, fornecedores, país de alunos etc), onde deixam seus carros, que estreitam a pista e tumultuar o trânsito com suas manobras para entrar e sair, isto quando não estacionam em fila dupla.


Nenhum comentário: