18 de nov. de 2020

Rede Voluntária Vale está de cara nova e lança campanha para mobilizar mais pessoas em ações solidárias

GIRO ECONÔMICO

A Rede Voluntária Vale criou uma "praça digital" para conectar pessoas dispostas a doar tempo, conhecimento ou recursos financeiros para auxiliar as populações mais impactadas pela pandemia. E para fortalecer ainda mais a causa, a Rede Voluntária está de cara nova, facilitando o acesso do usuário às informações e o cadastro de novos voluntários de dentro e de fora da Vale. 

No ar desde abril deste ano, a Rede Voluntária já mobilizou cerca de 190 ações em todo o Brasil: 124 delas organizadas pelos comitês de voluntariado da Vale em mais de 60 municípios de sete estados: Pará, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Bahia, Espírito Santo e Rio de Janeiro. A plataforma é um espaço de encontro, como uma praça virtual, a ser cuidada e aprimorada a partir da colaboração de todos.

Para participar ou realizar sua doação, basta acessar o site da Rede Voluntária. É possível contribuir com uma das ações já em curso e se cadastrar como voluntário para indicar novas ações Todas as iniciativas serão analisadas pela Rede Voluntária

Casa da Indústria - Nesta quinta-feira (19), o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, vem ao Maranhão para inaugurar, na região tocantina, a Casa da Indústria de Imperatriz, um moderno edifício de cinco andares, com espaços para funcionamento da Federação das Indústrias (Fiema) e órgãos vinculados: Instituto Euvaldo Lodi (IEL), Serviço Social da Indústria (Sesi) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), além de uma escola e uma clínica do Sesi. 

A Câmara Municipal de São Luís aumentou de três para
cinco o número de mulheres. Domingo (15), foram eleitas
Karla Sarney (PSD), Silvana Noely (PTB) e Rosana da
Saúde (Republicanos), além de Concita Pinta e Fátima
Araújo, que foram reconduzidas. O presidente da Câmara
Municipal Osmar Filho com as vereadores Bárbara Soeiro
e Concita Pinto comemora o aumento da participação
feminina no parlamento municipal da capital
Saúde do caminhoneiro - A Confederação Nacional do Transporte (CNT) lançou um cartão de saúde para caminhoneiro, que será distribuído aos motoristas profissionais do transporte rodoviário de cargas para que, ao acessarem as Unidades de Atenção Primária em Saúde, tenham melhor acompanhamento do tratamento. O cartão é um documento público que ficará em posse do usuário e será utilizado para a coleta de dados dos atendimentos realizados em qualquer estabelecimento de atenção primária em saúde do país. 

Curso de Turismo - O prazo para inscrições nos cursos de Gestor de Turismo e de atendimento ao turista Brasil Braços Abertos (BBA) que terminaria nesta segunda-feira (16) foi prorrogado por mais duas semanas. Agora, quem tiver interesse em aprimorar conhecimentos e se qualificar na área tem até o dia 30 de novembro para iniciar as capacitações online e gratuitas ofertadas pelo Ministério do Turismo. Até o momento, as duas formações contam com mais de 40.500 alunos em curso e devem ser finalizadas até 30 de dezembro. 

Azeite falso - O Ministério da Agricultura comunicou à Associação Brasileira de Supermercados (Abras) a proibição de comercialização de produtos investigados como fraudados e falsamente declarados como azeite de oliva extra virgem. São eles: Casalberto, Conde de Torres, Donana (Premium), Flor de Espanha, La Valenciana, Porto Valência, Serra das Oliveiras, Serra de Montejunto e Torezani (Premium). Os investigados criavam as marcas, supostamente importadas, e colocavam para venda no mercado nacional.

Nenhum comentário: