1 de nov. de 2020

Com saida da Sao Luís do ar, restaram apenas três emissoras na faixa AM na capital maranhense

Com a saída da São Luís do ar, a faixa AM da radiofonia na capital maranhense foi reduzida em 50%. Eram seis emissoras, e agora apenas três: Educadora (560), pertencente à Igreja Católica; Mirante (600), do Sistema Mirante, pertencente à família Sarney; e Timbira (1290), emissora oficial do Estado, devendo ser reduzida mais ainda em breve, pois a Mirante já está em processo de migração para FM.

Saíram do ar, além da São Luís, que foi vendida ao deputado federal Cleber Verde (Republicanos), a Difusora (680), do empresário Lobão Filho, que migrou para FM e hoje é a Nova (93.1); e a Capital (1180), do senador Roberto Rocha, que não tem previsão para reativar o sinal.

A faixa AM é a preferida dos ouvintes mais saudosistas, por permitir maior interação e ter programação mais noticiosa, com destaque para o esporte. No caso da São Luís, boa parte dos ouvintes lamentou ficar sem a programação da Jovem Pan de São Paulo, à qual era filiada. Agora somente por aplicativo é possível ouvir, mas isto para quem tem internet e em vez do radinho de pilha, um telefone celular.

Nenhum comentário: