1 de nov. de 2020

O QUE ELES DISSERAM

Se o imbecil Bolsonaro soubesse que meu bisavô Jesus, criador do Guaraná Jesus, era admirador do comunismo e dividia lucros da empresa com funcionários (décadas 20/30/40), ele nem tinha dado um gole no refri e nos poupava de mais uma de suas asneiras preconceituosas e grosseiras.

(De Roberta Gomes, bisneta de Jesus Norberto Gomes, criador do Guaraná Jesus, indignada com a "brincadeira" do presidente Jair Bolsonaro com o refrigerante que, segundo ele, por ser cor de rosa, pode transformar alguém em boiola)

Nenhum comentário: