11 de nov. de 2020

Presidente da ABI critica censura à Folha de São Paulo após publicação de denúncia contra Eduardo Braide

O presidente da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), Paulo Jerônimo de Souza, o Pagê, criticou a decisão da juíza Cristiana Leite, da 76ª Zona Eleitoral do Maranhão, que censurou uma informação publicada no jornal Folha de S. Paulo, de domingo passado, dia 08, referente a um processo no Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em que o Ministério Público Federal considera o candidato a prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), como investigado sobre desvio em licitações naquele estado.

Para o presidente ABI, "mais um ato intolerável de censura, sabidamente inconstitucional. A ABI repudia este desrespeito à liberdade de imprensa, e tem certeza que essa decisão será revogada".

Nenhum comentário: