30 de dez. de 2020

Federação das Indústrias doMaranhao agora é também entidade certificadora de empresas

GIRO DE TERCA

A Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema) firmou parceria com a Sintech, empresa de tecnologia da informação especializada em Certificação Digital, para dar suporte às empresas associadas aos sindicatos filiados a ela,  bem como pessoas físicas e jurídicas,  proporcionando um menu de soluções adequado para a aplicação da certificação digital e criptografia para gerar recursos seguros e confiáveis nos meios eletrônicos, garantindo maior  mobilidade, conectividade e praticidade em suas atividades profissionais no uso dos meios digitais.   

Segundo Cesar Miranda, superintendente da entidade, o certificado é cada vez mais necessário, pois é a identidade da pessoa física e jurídica no meio eletrônico. “Ele garante autenticidade, confidencialidade e integridade nas operações que são realizadas por meio dele, atribuindo validade jurídica!”, destacou o superintendente. 

O certificado digital é um serviço oferecido as pessoas físicas e jurídicas e já pode ser emitido na Casa da Indústria Albano Franco, sede da FIEMA, no 4º andar, de segunda a sexta, das 8h às 12 e das 14h às 18h. Os custos de emissão dos certificados digitais ficam por conta dos demandantes dos serviços de emissão. 

Senac em Codó - Uma das primeiras providências depois da posse do novo prefeito de Codó, Dr. José Francisco, é iniciar os preparativos para recebimento de uma carreta escola do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), órgão vinculado ao Sistema Federação do Comércio (Fecomércio), que vai oferecer cursos de capacitação profissional gratuita. Segundo previsão do diretor regional do órgão, a previsão é que este veículo seja deslocado ao município até o mês de abril, devendo ficar até o mês de julho.

Turismo em Barreirinhas - Turismo continua sendo prioridade para o governo municipal de Barreirinhas. Em recente encontro com o governador Flávio Dino, o prefeito eleito Amílcar Costa relatou alguns dos problemas que tem nesta área e enfatizou que o aeroporto é fundamental para o desenvolvimento do setor. Amílcar também disse que pretende melhorar o acesso aos principais locais de visitação e outras melhorias, mas precisa do apoio do Governo do Estado, pois o município, sozinho, não tem condições de arcar com as despesas.

A presidente do Sindivest Maranhão, Ana Rute
Mendonça, com o aluno e empresário Wilson
Muniz (C) e o superintendente da Fiema, Cesar
Miranda, na solenidade de formatura da primeira
turma do Senai em Manutenção Mecânica de
Máquinas de Costura Industrial

Rádio São Luís - O deputado federal Cleber Verde (PRTB) ainda não sinalizou sobre o que pretende fazer com a Rádio São Luís AM, se vai migrar para FM, se vai mantê-la na rede da Jovem Pan News, onde vai funcionar, enfim, quais seus planos com investimento em radiofonia. Certo é que a emissora está fora do ar há meses, e pelas regras da Anatel, rádio não cala.

Preservar Amazônia - Desde que foi criada, em setembro de 2019, a Força-Tarefa da AGU em defesa da Amazônia já ajuizou 114 ações civis públicas na cobrança de mais de R$ 2,6 bilhões de infratores ambientais. Mato Grosso é o estado que tem o maior valor cobrado (R$ 1.1 bilhão). Em seguida vêm o Pará, com 33 ações, na cobrança de R$ 876,5 milhões;  Amazonas, com R$ 478,6 milhões;  Roraima (R$ 121,1 milhões), Rondônia (R$ 68,8 milhões), Maranhão (R$ 3,1 milhões), Acre (R$ 1,7 milhão).

Avenida Litorânea - O  novo trecho da Avenida Litorânea, que vai levá-la até à praia de Olho d'Agua, deverá estar concluído no final de janeiro do próximo ano. É o que garante o governador Flávio Dino (PCdoB), que numa postagem nas redes sociais, diz que esse prolongamento será ligado às avenidas São Carlos e Holandeses, o que possibilitará o prolongamento do tráfego de veículos até o Araçagi. “Obras que vão abrir novas alternativas de mobilidade para dezenas de milhares de pessoas na Ilha", disse Sua Excelência.


Nenhum comentário: