5 de dez. de 2020

Com Flávio Dino na disputa, aumenta a vantagem de Jair Bolsonaro para uma reeleição, segundo o Paraná Pesquisa

O Paraná Pesquisa em seu mais recente levantamento para saber a opinião dos brasileiros sobre a sucessão presidencial, divulgado nesta sexta-feira (04), traçou três cenários para saber quem é o preferido. Nos três, o presidente Jair Bolsonaro é o líder, e pode ter a reeleição assegurada, caso mantenha os níveis de popularidade que vem obtendo nos levantamentos de todos Institutos.

Além de ganhar em todos os cenários de primeiro turno, Bolsonaro também derrotaria qualquer um dos seus adversários escalados até aqui num possível segundo turno.

Ainda sem saber que papel representará nessa disputa, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), também é testado, e fica com apenas dois décimos acima de um ponto percentual, muito pouco para quem todos os dias está em algum veículo de comunicação, alguns internacionais, opinando contra o governo federal, sem falar no seu ativismo diário nas redes sociais, sempre com a mesma temática. 

Além do percentual insignificante, há um outro dado a incomodar o governador na pesquisa: por coincidência ou não, no cenário em que ele foi inserido como um dos presidenciáveis é justamente aquele em que Jair Bolsonaro tem o melhor desempenho.

No primeiro, sem o ex-presidente Lula e com Sergio Moro, Bolsonaro  tem 33%; no segundo, sem Moro e com Lula no lugar de Fernando Haddad, Bolsonaro vai a 32,9%; e no terceiro cenário, com Flávio Dino na parada, sobe para mais de 35%, ou seja, o presidente aumenta seu capital eleitoral.  Veja os números, extraídos do site Maranhão Hoje.

"Num terceiro cenário, sem Lula e sem Moro e com o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), Bolsonaro soma 35,8%; Ciro Gomes aparece em segundo lugar, com 12,1%; e depois vêm Haddad (11,5%), Huck (9,5%), Doria (4,8%), Amoêdo (3,5%), Mandetta (2,7%) e Flávio Dino (1,2%)".


Nenhum comentário: