4 de dez. de 2020

Secretaria das Cidades e Desenvolvimento Urbano pode ser o destino de Duarte Júnior no Governo do Estado

É quase certa a ida do deputado estadual Duarte Júnior (Republicanos) para o Poder Executivo, a partir de janeiro de 2021, e a indicação mais provável a ser feita pelo governador Flávio Dino (PCdoB) é para a Secretaria das Cidades e Desenvolvimento Urbano. 

Duarte não é engenheiro, arquiteto ou urbanista, e, assim como o antecessor Rubens Júnior, advogado, porém o que mais pesa no seu currículo, neste momento, é o fato de ter sido derrotado na eleição para prefeito de São Luís, ou seja, poderia ser uma pirraça do governador para mostrar à população que seu candidato estava mais preparado do que o vencedor, já que as ações do Estado em urbanismo, mobilidade urbana etc passariam por ele.

Nada impede Flávio Dino de fazer essa escolha, mas se o fizer que seja por um motivo nobre, ou seja, por enxergar no escolhido alguém capaz de conduzir uma política para o desenvolvimento das 217 cidades do Maranhão e não apenas São Luís, como foi com Rubens Júnior, que no período de pouco mais de ano à frente da Secid, olhou apenas para a capital, já que a única justificativa para ocupar esse posto era o projeto de vir a ser prefeito.

Duarte Júnior pode vir a ser um bom secretário, sim, mas que esteja vocacionado a trabalhar por todos os maranhenses, e não restringir a atuação de suas pasta a São Luís, apenas para vingar o resultado de uma eleição. Seria bom se fosse assim, mas nem tudo em política é como deveria ser.


Nenhum comentário: