29 de jan. de 2021

Governador Flávio Dino ainda tem dúvidas sobre decretação de ponto facultativo nos dias de carnaval


GIRO ECONÔMICO

O governador Flávio Dino (PCdoB) ainda não decidiu se decretará ou não ponto facultativo no período que estaria destinado para as festividades de carnaval que ele já suspendeu em todo  estado, tanto eventos públicos quanto particulares. Nesta sexta-feira (28), em mais uma coletiva sobre as medidas que estão sendo tomadas para enfrentamento da covid-19, ele disse que terá uma posição somente na primeira semana de fevereiro, isto é, a partir da próxima segunda-feira (1º).

Ele disse que diversos estados já tomaram iniciativa nessa direção, como é o caso da Bahia, Piauí e São Paulo, mas a posição do Maranhão vai depender de uma análise mais aprofundada sobre a evolução do quadro epidemiológico e um amplo entendimento com Ministério Público, classe empresarial etc.

Caso o governo opte por não decretar ponto facultativo, os expedientes nas repartições públicas, bem como o funcionamento de lojas e outras empresas será normal, o que tornaria sem efeito até acordos coletivos de trabalho que preveem folgas de domingo (15) ao meio-dia de quarta-feira (18). Se o entendimento for por folga, mesmo sem folia, os riscos de aglomerações aumentam, pois haverá um fluxo muito grande de pessoas para outros lugares e reuniões em torno de festas clandestinas ou mesmo espontâneas, em bares, nas ruas etc.

Sampaio Corrêa - Todos os dias nos mais diversos tipos de programas de rádio de São Luís, torcedores do Sampaio Corrêa interagem com os apresentadores para protestarem pelo não acesso da equipe maranhense à Série A do Campeonato Brasileiro, o que parecia muito provável até novembro. Fazem sentido as críticas, porém a julgar pelo comportamento dos sócios torcedores foi pouco o empenho para ajudar o time. Para que se tenha ideia, o tricolor maranhense tem 895 sócios nesta modalidade, destes 731 estão inadimplentes, ou seja, apenas, apenas 164 ajudam no fortalecimento do seu clube "do coração". 

Caixa no agronegócio - O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, anunciou nesta quinta-feira (28) a criação de 75 novas unidades em todo o Brasil, sendo 20 unidades especializadas no agronegócio. A expansão visa aumentar a capilaridade do banco, com foco nas regiões Norte e Nordeste. O banco também ampliará a quantidade de agências-caminhão de 8 para 12 unidades. Até o final do ano, a Caixa pretende contratar outras mil pessoas. 

Leia mais
Mais dezesseis municípios do Maranhão vão contar com agências da Caixa Econômica


Edilson Baldez fala sobre sua reeleição na Fiema
Aniversário de Edilson
- O empresário Edilson Baldez foi surpreendido no final da tarde desta quinta-feira (28) com um homenagem dos funcionários da Federação das Indústrias (Fiema), pois era dia de seu aniversário, e eles decidiram reunir também familiares para uma confraternização. Pela primeira vez, ele falou sobre a sua reeleição para presidente da entidade, ocorrida dia 22. Segundo ele, esta foi uma das decisões mais difíceis de sua vida, pois tinha prometido a si mesmo e à sua família que não renovaria o mandato, porém como houve insistência dos diretores, decidiu aceitar mais quatro anos.

Investimentos da Vale - A Vale, segundo informação do portal Notícias de Mineração do Brasil, estima concluir investimentos de US$ 2,7 bilhões só em projetos de minério de ferro na região Norte, de onde extrai seu produto mais puro e mais valorizado. O Sistema Norte receberá 81% do orçamento de expansão de capacidade de ferrosos da empresa no período.

Obras de saneamento - O senador Roberto Rocha anunciou o empenho R$ 20 milhões para a implementação de melhorias sanitárias em diversos municípios do estado. Na prática, isso significa que o dinheiro está assegurado, ou seja, não poderá ser destinado para outra finalidade. O objetivo do senador é atender as necessidades básicas de saneamento das famílias, por meio de instalações hidrossanitárias mínimas, relacionadas ao uso da água, à higiene e ao destino adequado dos esgotos domiciliares. Segundo Roberto Rocha, o investimento vai possibilitar que os benefícios do saneamento sejam estendidos para milhares de famílias, contribuindo para melhorar os indicadores de saúde no estado. 


Nenhum comentário: