14 de jan. de 2021

Ministério Público anuncia que será rigoroso com as fiscalizações durante carnaval para evitar aglomerações

GIRO DE QUINTA 

O Ministério Público do Maranhão expediu nesta quarta-feira (13) uma nota que serve para acender um sinal amarelo para os promotores de evento que pretendem promover festas de carnaval e não desejam sofrer prejuízos com sua possível suspensão. A exemplo do que fez às vésperas de Natal e Réveillon, o MP promete extrema vigilância contra aglomerações que venham a se formar em eventos nos períodos que antecedem e nos dias dos festejos de Momo. 
Nesta terça-feira (12), o governador em exercício Carlos Brandão (Republicanos) ratificou a posição tomada pelo Estado ano passado, garantindo que não haverá festas em espaços públicos bancadas pelo Governo do Estado e, provavelmente, por prefeituras também e que as de caráter privado terão de obedecer normas como as de uma lotação máxima de 150 pessoas.

Na sua nota, o Ministério Público diz que as medidas que adotará são para "evitar a ocorrência de situações que favoreçam o aumento de casos de Covid-19 no estado é uma necessidade preeminente".

Desempenho da Ford - Como tudo no Brasil, o debate político tomou conta das análises sobre a decisão da Ford de desativar suas montadoras no Brasil, entretanto os números da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) talvez ajudem a explicar a crise da empresa. Das 1.615.620 unidades de automóveis emplacadas em 2020 no Brasil, a Ford teve participação de 7,39%, atrás de General Motors (18,89%), Volkswagen (17,71%), Fiat (20,27%), Hyundai (10,11%) e Renault (7,43%). 


Pendência de benefícios - O presidente do Sindicato dos Servidores da Fiscalização Agropecuária do Maranhão (Sinfa), Samuel Silva, em visita ao setor que analisa a concessão de benefícios aos servidores estaduais, foi informado que cerca de 130 servidores da Agência Estadual de Defesa Agropecuária (Aged) estão com este benefício pendente e poderão recebê-lo ainda em 2021. A justificativa pelos atrasos, que datam de março de 2020, é que as paralisações foram motivadas pela pandemia contribuíram para o atraso, ouviram. 

Na solenidade de diplomação da primeira turma de
Manutenção Mecânica de Máquinas de Costura Industrial,
o diretor regional do Senai, Raimundo Arruda (D), com
o empresário e aluno do Curso Wilson Muniz
Presidente de honra - Erlânio Xavier (Igarapé Grande) e Fábio Gentil (Caxias) disputam nesta quinta-feira (14) a presidência da Federação dos Municípios (Famem). Ambos cantam vitória, mas só um presidente está garantido, Eduardo Braide, pois, pela tradição, o gestor da capital é o presidente de honra da entidade.

Leia mais
Além de Erlanio ou Fábio, Braide será declarado presidente de honra da Famem

Teatro do Sesc - O Teatro Napoleão Ewerton, do Serviço Social do Comércio (Sesc), órgão vinculado ao Sistema Federação do Comércio (Fecomércio), inicia a temporada 2021 com a apresentação dos espetáculos Maria Firmina dos Reis - Uma voz além do tempo, com a atriz Júlia Martins; Comédias!, com o Grupo Improviso; e Meu Amigo Charlie Brown-Tirinhas musicais, com Encanto Coletivo Cultural, nos dias 16, 23 e 30 de janeiro, sempre às 18h. Os ingressos estão à venda na bilheteria do Teatro às sextas, das 14h às 17h. 

Montadoras da Ford - A senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) se associou às vozes do Senado que se manifestaram contra o fechamento das fábricas da Ford. Segundo ela, isto não pode ser encarado como uma “notícia normal”, e recordou que “em dezembro, foi a Mercedes. O mercado tem suas regras, mas certamente os fatos demonstram que faltam ao governo federal políticas industriais e de emprego competentes. Lamentável”, escreveu. O governador Flávio Dino também criticou a desindustrialização do país por Bolsonaro.

Nenhum comentário: