26 de fev. de 2021

Entidades empresariais vão conhecer potencial de Alcântara para definir ações do Centro Espacial

GIRO ECONÔMICO

Uma equipe técnica das entidades empresariais que compõem o Grupo de Trabalho da Federação das Indústrias (Fiema) embarca, terça-feira (02 de março) para uma visita técnica a Alcântara, com o objetivo de conhecer as potencialidades da cidade e da região a fim de alinhar a contribuição dessas instituições ao do Programa de Desenvolvimento Integrado para o Centro Espacial de Alcântara (PDI/CEA).

O plano busca inserir a sociedade maranhense via projetos e ações direcionadas ao desenvolvimento social, econômico e de infraestrutura da região, norteados pela viabilização do centro espacial. A inclusão das entidades empresariais e do poder público maranhense na construção do PDI/CEA foi um dos pleitos do Grupo de Trabalho da Fiema, “Pensar o Maranhão”, que inicia essa agenda com uma Roda de Conversa com o prefeito Padre William, além de diversas ações programadas para os dias da visita.

Além da Fiema, integram o Pensar Maranhão, o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Maranhão (Sebrae-MA), Federação do Comércio (Fecomércio), Federação da Agricultura (Faema) e Associação Comercial do Maranhão (ACM).

Impostos via PIX - Começou a adesão de estados e municípios brasileiros à solução Arrecadação Integrada do Banco do Brasil (BB), que permite o recebimento de impostos e taxas por meio do Pix. Até agora, já estão em fase de integração à solução os governos dos estados de São Paulo, Piauí e Acre, bem como os municípios de Eusébio (CE), Linhares (ES), São José dos Campos (SP), Uberlândia (MG) e Vila Velha (ES), dentre outros. Em dezembro, a Receita Federal tornou-se o primeiro ente público a utilizar o serviço. 

Nenhum comentário: