2 de mar. de 2021

Dirigentes empresariais vão a Alcântara para conhecer potencial local para atender o Centro de Lançamento

GIRO ECONÔMICO

Uma equipe técnica das entidades empresariais que compõem o Grupo de Trabalho da Federação das Indústrias (Fiema) Pensar o Maranhão – Sistema Fiema, Sebrae-MA, Sistema Fecomércio, Sistema Federação da Agricultura e Associação Comercial do Maranhão - embarca nesta terça-feira (020 para uma visita técnica a Alcântara, com o objetivo de conhecer “in loco” as potencialidades da cidade e da região a fim de alinhar a contribuição desses atores na construção do Programa de Desenvolvimento Integrado para o Centro Espacial de Alcântara (PDI/CEA). 

O plano busca inserir a sociedade maranhense via projetos e ações direcionadas ao desenvolvimento social, econômico e de infraestrutura da região, norteados pela viabilização do centro espacial.

A inclusão das entidades empresariais e do poder público maranhense na construção do PDI/CEA foi um dos pleitos do Grupo de Trabalho da FIEMA, “Pensar o Maranhão”, que inicia essa agenda com uma Roda de Conversa com o prefeito Padre William, além de diversas ações programadas para os dias da visita.

Webimar Senac - Em parceria com a Comissão de Valores Mobiliários e o Meu Futuro Digital, o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), realiza sexta-feira (05), às 17h, o webinar de lançamento do Programe Seu Futuro, voltado para empresários interessados em contratar jovens aprendizes a serem capacitados no setor de tecnologias. Serão debatidos o hiato entre formação e a prática das empresas, além da necessidade de formar jovens para o segmento de TI e finanças, para o qual faltam profissionais qualificados.

Lançamento no CEA - Nove empresas já enviaram propostas para operar no Centro Espacial de Alcântara (CEA), sendo quatro delas brasileiras. De acordo com o presidente da Agência Espacial Brasileira (ABE), Carlos Moura, o início das operações, ainda este ano, só será possível após assinatura, em 2019, de um Acordo de Salvaguardas Tecnológicas com os Estados Unidos, que contém cláusulas para proteger a tecnologia norte-americana. As cláusulas são importantes pois cerca de 90% dos satélites do mundo utilizam tecnologia dos EUA.

O diretor regional do Senac, Ahirton Lopes; a prefeita Dinair
Veloso; o presidente do Sistema Fecomércio, José Arteiro;
o vice-prefeito João Rodolfo; e a diretora regional do
Sesc, Rutineia Monteiro, na reunião entre a Prefeitura
de Timon e o Sistema Fecomércio para ações e favor do
desenvolvimento econômico e social do município
Agrobalsas indefinida - Faltando menos de três meses para sua realização, a Agrobalsas, um dos maiores eventos de negócios rurais do Maranhão, ainda está na dúvida quanto à sua realização, pois tudo ainda é muito inseguro, e não há como antecipar vendas de stands, convidar palestrantes e outras medidas para viabilizar o evento.

Conselho de Turismo - Foi eleito na última sexta-feira (26 de fevereiro), o Conselho Municipal de Turismo (Comtur), que terá na presidência o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-MA); na vice-presidente, a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Maranhão (ABIH); na secretaria, a Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema); e na tesouraria o Sindicato Empresarial de Hospedagem e Alimentação do Maranhão (Sehama).

Startups da Vale - Startups e empresas de base tecnológica de todo o país têm até 07 de março para se inscrever no M-Spot Ciclo 2, programa de inovação aberta do Mining Hub customizado para solucionar 16 desafios da Vale, em seis diferentes áreas: cadeia de valor, energia, geotecnia, saúde e segurança, gestão de ativos (mina) e gestão de ativos (usina). Os participantes terão acesso a networking, recursos e infraestrutura para o desenvolvimento das soluções. As inscrições podem ser feitas no site: https://www.mininghub.com.br/programas/mspot/.

Nenhum comentário: