21 de mar. de 2021

Militantes de esquerda ameaçam perseguir nas redes sociais donos de restaurantes que suspenderem delivery

Uma tropa de choque na internet, formada por simpatizantes de siglas partidárias de "esquerda", resolveu atiçar mais ainda a crise entre o Governo do Estado e proprietários de estabelecimentos de gastronomia, em vez de, em nome da erradicação da pandemia, tentar apaziguar os ânimos. Tudo porque alguns proprietários de restaurantes, bares e lanchonetes, inconformados com o fechamento de seus estabelecimentos por mais uma semana, ameaçam paralisar também os serviços de delivery e de retirada de refeição pelos clientes.
Como tudo no enfrentamento desta pandemia tem que ter debate político, pessoas metidas a formadoras de opinião nas redes sociais começaram uma campanha sórdida para "carimbar" como bolsonaristas os estabelecimentos que aderirem a esse protesto. E mais: ameaçam recomendar ninguém a frequentá-los patrulharem quem ainda continuar sendo consumidor nesses estabelecimentos. 

Se tivessem prestígio para tanto, seria um estrago, mas pior é se, em vez de falirem, aumentarem a clientela dos estabelecimentos com esse tipo de rótulo.

Um comentário:

Anônimo disse...

Sujeito, você não tem vergonha não? Como ser tão desonesto intelectualmente, inventando boatos só para deixar a turba reacionária em pavorosa, parece os velhos dos tempo da ditudura criando factoides de "ameaça comunista".