10 de jun. de 2021

CPI vai resumir trabalhos a debater eficácia ou não de cloroquina e nunca explicar as mais de 470 mil mortes?



A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) criada no Senado para investigar a falta de oxigênio em hospitais de Manaus, no mês de janeiro, e as ações e omissões dos governos federal, estaduais e municipais no enfrentamento da pandemia de covid-19, caminhando para encerrar dois meses de funcionamento, começa a dar sinais de que patina e não sai do lugar, correndo o risco de passar a ganhar em caráter oficial a identificação que tem por alcunha, CPI da Cloroquina.

Depois de enfadonhos debates em busca de indícios de que houve realmente um direcionamento por parte do governo para que a vacinação fosse relegada a segundo plano e a população recebesse outros tipos de medicamentos, alguns de comprovação científica não conclusiva sobre sua eficácia, a grande expectativa desta quinta-feira (10) seria o começo daquilo que os brasileiros, talvez, tenham mais interesse em, saber: a aplicação dos bilhões de reais destinados a dirigentes públicos a fim de proteger a população.

Infelizmente, o comparecimento do governador do Amazonas, Wilson Lima, que poderia jogar luz na tragédia de Manaus, que infelicitou milhares de brasileiros ali residentes, não se confirmou, porque a ministra Rose Weber, do Supremo Tribunal Federal, atendendo a um apelo do convocado, o desobrigou de atender aos senadores.


Em sua decisão, Rosa Weber transformou a convocação em convite e afirmou que ele teria o direito de não ser submetido ao compromisso de dizer a verdade sem "sofrer constrangimentos físicos ou morais". Outros oito governadores estão com depoimentos agendados, porém a depender de entendimento da ministra do STF, só irão se quiserem, sem nenhum compromisso de dizer a verdade.

O presidente da CPI, Omar Aziz, promete recorrer, mas duvida-se, e assim os senadores vão ter de encontrar alternativas para ficarem no improdutivo debate se houve atraso na compra de vacinas, se cloroquina é ou não eficaz, enfim, tempo e dinheiro gasto para nada. A menos que supreendam e consigam arrancar de onde menos se espera uma revelação bombástica, mas pelo desenho, vai ficar como esta: patinando.

Nenhum comentário: